Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA SAUDADE

MINHA SAUDADE

Amei-te com nunca amei igual
Meu peito chora-te todo dia
Contigo se foi minh’alegria
Ah! E comigo ficou todo o mal

Amei-te tanto, tanto e como tal
Desejava-te dia após dia;
Outrora mar de amor, calmaria
Hoje a saudade corrói como sal

Não admito estar arrependido
Mas meu louco coração contradiz
Prantos que há anos tenho omitido

O amor não se apaga como giz:
Morro sem jamais tê-lo esquecido
Vivo a utopia que sou feliz!
Francisco Monteiro
Enviado por Francisco Monteiro em 27/10/2007
Código do texto: T712118

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Monteiro
Guarulhos - São Paulo - Brasil, 47 anos
72 textos (1998 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 01:54)
Francisco Monteiro