Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Escudo

A flor que desabrocha no jardim
Enfeita e dá perfume ao jardineiro.
É essa a vida que eu pedi pra mim:
Viver bem junto às flores de um canteiro.

Mas eu não recebi este presente.
Prometo: ainda alcanço esta meta,
Enquanto o coração impaciente
Aceita ser apenas um poeta.

Talvez não seja a minha vocação.
Por isso é que me fecho e fico imerso
Em sonhos, devaneios, fantasias.

E assim, eu minto, engano o coração
Com frases, com palavras, com meus versos...
É este o meu escudo: A poesia.
fiore carlos
Enviado por fiore carlos em 31/10/2007
Código do texto: T718385

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fiore carlos
Limeira - São Paulo - Brasil
860 textos (316762 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:11)
fiore carlos