Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pecar pra quê?

A gula mata a fome e engorda o ser sem temperança!
A luxúria traz moléstias e desejos que denigrem a castidade...
A ira corrompe a sorte da paciência e afasta a esperança,
Alimentando a inveja que destrói o homem e a caridade.

Porque vaidade? Porque orgulho? Soberba, por quê?
Estas sendo fruto da estima exagerada, natural do esnobe,
Isolam a pessoa, exilam a bondade do ser de conviver,
Então, não se deixes levar pela avareza sejas nobre...

Tenha na generosidade a semente da solidariedade,
Aja com diligência, nunca falte pela preguiça,
Ilustrada por Doré na Divina Comédia com majestade.

Sejas equilibrado nesta vida por mais dura que ela seja,
Acredite em si e no próximo, sejas alegre, eloqüente...
Pois num mundo cheio de belas virtudes, pecar pra quê?      
Rogério Espindula
Enviado por Rogério Espindula em 10/11/2007
Reeditado em 02/11/2009
Código do texto: T732155

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Espindula
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 37 anos
338 textos (34052 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:58)
Rogério Espindula