Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Soneto da Esperança

Oh, seres angelicais,
Vá e diga a ela que um dia a encontrarei
Ao pôr-do-sol na beira do cais
Mostrando ao imenso Mar o Amor que conquistei

Mostre a ela esses versos
Vazios,veludos, desvairados
Com fins incertos
Com sentimentos apaixonados

Diga a ela que o vento me levará
Aos teus doces braços
Ao recanto do meu repouso

E somente assim me ouso
A quere-me aquecer em teus abraços
E enfim me embebedar em te Amar
Belém
Enviado por Belém em 17/11/2007
Código do texto: T741395
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Belém
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 27 anos
123 textos (3876 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 14:34)
Belém