Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A razão dos meus Versos

 

Todo Poeta está sujeito à adversidade

Pouco me importa o que possam dizer de mim.

Se os meus versos têm a métrica ruim

Ou se os escrevo, por mera curiosidade...

 

Quando ponho-me a escrever, é uma viagem

Que empreendo, do meu íntimo, ao sabor.

Apraz-me descrever, especialmente o amor

Que é a riqueza que trago em minha bagagem.

 

Não tenho a pretensão de grandes Escritores

Que permearam nossas vidas, com seus versos,

Na perfeição de seus Sonetos e Poemas...

 

Prevaleço-me do meu coração o emblema,

Das transgressões e de meus sonhos adversos,

Marcas já cicatrizadas de outros amores!

 

img140/8081/barraazulyp2.gif

 Acessem e ouçam meu Poema
em Áudio, pela Radio Camarim
um presente do amigo Castro.
Obrigada, amigo!
Você e proporcionou 
uma grande alegria!
Milla
http://www.recantodasletras.com.br/audios/poesias/7853

Milla Pereira
Enviado por Milla Pereira em 18/11/2007
Reeditado em 29/03/2008
Código do texto: T742596

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Milla Pereira (http://www.millapereira.prosaeverso.net/)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Milla Pereira
São Paulo - São Paulo - Brasil
2954 textos (494013 leituras)
42 áudios (7884 audições)
14 e-livros (6401 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:55)
Milla Pereira