Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade em Desatino

Precipitar-me-ei em tua ausência
E em minhas lágrimas tentarei sorrir,
Este sorriso raso, uma demência,
Sem eira nem beira, sem ter pra onde ir.

Solidão... É o tino a maior carência,
Minha oração não sabe a quem pedir.
Pedir teus olhos em gotas de clemência,
E a tua voz, clemente eu vou pedir.

Meu ser sonhado vem a vida perfumar
Com doce aroma, perfume de meu céu.
Vem sem demora seu amado namorar,

Ando eu afoito pra o namoro dar-te um véu.
Pra neste rio de lágrimas eu nadar,
Sem tino como rumo, contigo, ao léu.
Eduardo Tenório
Enviado por Eduardo Tenório em 19/11/2007
Código do texto: T743564

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Tenório
Balneário Camboriú - Santa Catarina - Brasil, 53 anos
149 textos (5836 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 23:54)