Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MARELUX

Mar e Lux, separam o loguin conciso.
O mar que tu és, de mim tão distante,
A luz que emanas sobre mim fulgurante,
Aquosa e brilhante, que tanto preciso.

Mareluz dois vocábulos unidos.
O Mar do teu corpo que me umedece,
A Luz tão brilhante que dele resplandece,
Ambos tão distantes, agora fugidos.

Meu corpo barco, que nele deslizava.
Em suas águas puras
Mansas ou agitadas.

Alvas, iluminadas,
Que me traziam ternuras,
Mar e luz afáveis, que tanto almejo.

22.08.2003
Tadeu Costa
Enviado por Tadeu Costa em 22/11/2005
Reeditado em 23/11/2005
Código do texto: T74847
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tadeu Costa
Recife - Pernambuco - Brasil, 73 anos
97 textos (7724 leituras)
2 e-livros (226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:51)
Tadeu Costa