Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AS VOZES DO SILÊNCIO E A LUZ DO ESCURO

Só duas mentes podem decifrar
As vozes do silêncio e a luz do escuro:
A do apaixonado, enquanto amar,
E a do poeta de coração puro.

Assim nos entendemos sem palavras:
Repouso meus desejos nos teus seios
E tu com beijos e afagos lavras
A fértil avidez dos meus anseios

Pois há, no peito arfante, a palpitar,
Um coração de poeta, a te mostrar
O amor que os olhos não enxergariam

E este teu colo é santuário e gruta
Onde teu coração no escuro escuta
O que os ouvidos jamais ouviriam.
Oldney Lopes
Enviado por Oldney Lopes em 25/11/2007
Código do texto: T752659

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Oldney Lopes - www.oldney.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Oldney Lopes
Brumadinho - Minas Gerais - Brasil
323 textos (64553 leituras)
4 e-livros (1241 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 07:53)
Oldney Lopes

Site do Escritor