Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
MÁSCARA

Sem metro, sem rima, sem pausa, sem cor,
perdidos no espaço, sumiram de vista;
são mil fragmentos... por mais que eu insista,
eu não reconheço um pedaço, um valor

daquilo que outrora chamou-se razão.
São tantos pedaços que ao mundo entreguei...
O mais puro afeto, ao capricho da Lei
escapa de mim, e eu não tenho noção

daquilo que espera por mim de ora em diante.
Então já não quero mais ser comportada,
eu rompo com tudo e caminho adiante,

cantando revolta e tristeza guardada.
A vida é cruel, é uma dor delirante:
a poesia mascara essa dor tão danada.


nilzaazzi.blogspot.com.br
 
Nilza Azzi
Enviado por Nilza Azzi em 26/11/2007
Reeditado em 03/06/2015
Código do texto: T754099
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor Nilza Azzi ). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nilza Azzi
Campinas - São Paulo - Brasil
2225 textos (383276 leituras)
27 áudios (1214 audições)
4 e-livros (385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 07:34)
Nilza Azzi