Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO DA PAZ

A paz, bendita paz tão procurada
A paz que o  mundo busca e nunca alcança
Parece estar além do fim da estrada
Em terras pós-fronteiras da esperança.

A paz que acaricia a uma criança
Mas não se deixa ser domesticada
Fugindo ágil, veloz como uma lança
Ao topo da  montanha inescalada.

Ah, essa paz que o mundo desconhece,
Pela qual faz unânime uma prece!
Embora a ela não façamos jus,

Já foi a nós, por graça, concedida.
Foi pago um alto preço; a própria vida
Que jesus entregou por nós na cruz.

"Deixo-vos a paz, eu vos dou a minha paz.
Não como o mundo dá, eu vo-la dou." (Jo 14,27)                    
Claudio Camargo Martins
Enviado por Claudio Camargo Martins em 30/11/2007
Código do texto: T759027

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Claudio Camargo Martins
São Paulo - São Paulo - Brasil, 66 anos
260 textos (55888 leituras)
2 áudios (422 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 14:22)
Claudio Camargo Martins