Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desilusão

Busquei em mim a ânsia de alegria,
Desilusão que no meu peito existe.
Meu choro e meu sorrir - breve porfia,
- O jeito meu de revelar-me triste.

Talvez que tu nem notes o absurdo
De ver meu pranto transformado em riso.
Nem esse meu medo mudo e surdo
De me perder, buscando o paraíso.

Manancial inesgotável de ilusão,
Auto imagem que o tempo destroçou,
Pois meus espelhos refletem só a ti.

Percebo o acalentar de um sonho vão
E rejeito em mim o que não sou...
Eu busquei ser feliz... e entristeci.
Magmah
Enviado por Magmah em 03/12/2007
Reeditado em 15/01/2008
Código do texto: T762665

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Magmah
Montenegro - Rio Grande do Sul - Brasil
232 textos (5044 leituras)
6 e-livros (411 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:02)
Magmah