Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ó Sol...

Ó Sol que se levanta
Na linha do horizonte
Pra que esconder-se nos montes
Se tantas vistas, encanta?

Ó Sol que nos acorda
Com tamanha alegria
Pra que iluminar os dias
Se as noites, sua falta é tanta

Ó Sol, nobreza astral
Que aquece meus suspiros
Iluminai minha’alma

Ó Sol, como te admiro
Por iluminares até o mal
Na escuridão, mais densa e calma.
Rafael Estevan
Enviado por Rafael Estevan em 07/12/2007
Código do texto: T768108
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor, e e-mail. Raphael E.; restevan@caloi.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael Estevan
Atibaia - São Paulo - Brasil, 28 anos
625 textos (127268 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 22:12)
Rafael Estevan