Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pérolas perdidas (Elegia aos poemas nunca lidos)

Quanta beleza, aos olhos, escondida,
ocultam os lambris da displicência!
Tem mais beleza do que a gente pensa,
que igual beleza venha a ser perdida.

Quanta beleza que foi produzida
e ocultada sob a indiferença!
Tem mais beleza do que a gente pensa,
que possa a vir passar despercebida.

Quanta beleza que a gente pensa
que aos nossos olhos não foi merecida!
Tem mais beleza do que foi erguida
no despertar da nossa conciência.

Procuremos, com sábia paciência,
pois há beleza escrita e nunca lida.

Herculano Alencar
Enviado por Herculano Alencar em 16/12/2005
Código do texto: T86844
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Herculano Alencar
São Paulo - São Paulo - Brasil, 62 anos
1335 textos (57849 leituras)
5 áudios (264 audições)
13 e-livros (3207 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:52)
Herculano Alencar

Site do Escritor