Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SONETO PARA UM AMOR PERDIDO - (Coisas de Poeta!...)

  Meu amor foi embora
  para nunca mais voltar.
  Deixou o bardo triste
  privado da luz de seu olhar.


  Cego de desejo,louco de paixão,
  levo a vida e ela a me levar.
  Sou como as águas
  que do rio correm para o mar.


  Lá fora solidão a espreita...
  Aqui dentro,uma dor que o peito não aceita.
  Pobre poeta,enganado nem suspeita...


  Que enquanto arde em sua luz esvaecida,
  a amada em outros braços está perdida...E este soneto,
  em lágrimas banhado,é o que lhe resta de vida.
 
Paulo de Barros
Enviado por Paulo de Barros em 17/12/2005
Código do texto: T86883
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de Barros
Três Corações - Minas Gerais - Brasil, 59 anos
14 textos (1019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:26)