Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM SONETO QUE SE CHAMA: ANA LUÍZA


Em teus olhos que se batem de amor,
Enaltece as praias com ondas e fulgor,
Na vastidão leal de teu belo sorriso,
Trás o gesto cordial de uma bela flor.

Dos belíssimos lábios rosados que se abrem,
Exprimem o retrato verdejante de uma mulher,
Amável será sempre o teu nome ANA LUÍZA,
ANALU um sonho real que brilha aonde quer.

Ó grande musa de cabelos que cobrem o mar,
Lançando o teu sorriso nas enseadas para ofuscar,
Por isso as ondas beijam as praias sem me afogar.

Contemplando as doces palavras na tua alma,
Nestes versos que formam o soneto irão ficar,
Eu como um poeta vai eternamente te admirar.


ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 09/01/2006
Reeditado em 06/10/2011
Código do texto: T96488
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2055864 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:38)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor