CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

CIRANDAS, O QUE SÃO E PORQUE...

Considerações sobre cirandas poéticas
Jorge Linhaça
 
Devido ao constante fluxo de cirandas, dos mais variados motes e origens, que circulam pelos grupos e até mesmo fora deles, creio que seja interessante levantar alguns aspectos genéricos sobre  a importância das mesmas e a forma correta de se participar.
Para tanto vou separar em tópicos este documento, que espero possa ser útil a várias pessoas.
 
O que são "Cirandas Poéticas"?
 
Assim como, nas brincadeiras de roda, a ciranda poética é um dar as mãos em torno de um mesmo objetivo.
Cirandas poéticas, como as costumamos denominar, são criações coletivas, espontâneas ou não ( algumas cirandas são criadas para serem cirandas, outras apenas acontecem com a entrada de vários poetas) versando sobre um mesmo assunto. Melhor explicando; as cirandas tem como característica a união de vários poetas versando sobre um mesmo mote ( amor, paz, saudade, rosas, datas festivas, etc).
As cirandas podem ser, algumas vezes, instrumentos de modificação ou conscientização social ( paz, honestidade, preconceito, ecologia, etc) ou podem ser também lúdicas, versando sobre temas engraçados ou instigantes. Creio que o melhor exemplo disso seriam as cirandas sobre festas juninas.
 
O Aspecto didático das cirandas poéticas.
 
As cirandas tem um papel didático importante, que muitas vezes passa despercebido aos menos desavisados, como o tema proposto deve ser seguido, constitui-se num desafio para aqueles que pretendam participar das mesmas, muitas vezes fazendo com que os poetas venham a versar sobre temas que não fazem parte de sua criação cotidiana.
Além disso, são um importante exercício para os poetas iniciantes, que se sentem mais à vontade para fazer seus primeiros versos públicos em um trabalho coletivo.
Essa mescla de poetas experientes e novatos, é que empresta às cirandas a popularidade que vem alcançando cada vez entre os autores.
Na contramão desta observação, existem os que preferem não participar de cirandas, acreditando que não receberão a visibilidade esperada em meio a tantos textos editados.
 
Quanto à quantidade de textos que definem uma ciranda como tal.
 
Embora não exista uma definição específica nesse sentido, costumo considerar como ciranda, uma obra coletiva que reúna, ao menos, dez participantes.
 
A quantidade de textos não define, por si mesma, o sucesso ou fracasso da ciranda.
Existem temas mais e menos atraentes. Temas que implicam maior ou menor dificuldade por parte dos integrantes dessa criação poética, portanto a variação de número de integrantes tem vários motivos para acontecer.
 
Como participar das cirandas?
 
Para se participar das cirandas é importante que, antes de tudo, se preste atenção à chamada da mesma, onde , via de regra, são estabelecidas as normas de participação.
Nesse cabeçalho, normalmente, vem o endereço para onde se enviar os textos, o que deve ser respeitado, já que via grupo muitos textos acabam por se extraviar.
É importante que a pessoa que pretenda participar de determinada ciranda, coloque no campo "assunto" de seu e-mail a destinação de seu texto, ou apenas...para a ciranda "tal".
Outra coisa sumamente importante e muitas vezes esquecida, é a forma dos poemas da ciranda.
Quando se lança uma ciranda de poetrix, por exemplo, espera-se que seja respeitado o formato poetrix ( 3 versos de no máximo dez sílabas poéticas cada) , para as trovas, 4 versos de sete sílabas poéticas e com as rimas alternadas (abab) e assim sucessivamente.
Quando não existe nenhuma definição nesse sentido, a ciranda aceita qualquer tipo de texto, desde que esteja dentro do mote proposto.
 
Existem diferentes tipos de cirandas?
 
Sim, além dos já citados motes e formas poéticas, podemos considerar que existem as cirandas "fechadas" e "abertas". As cirandas fechadas são aquelas que circulam apenas dentro de determinado grupo, tem o papel específico de propiciar a integração dos integrantes do mesmo. Já as cirandas abertas, circulam livremente pelo ciber-espaço agregando pessoas de vários grupos ou mesmo quem não participe destes.
 
Quanto à Hospedagem das cirandas.
 
Hoje existem muitas maneiras de se hospedar as cirandas, deixando-as permanentemente publicadas na Internet. Além dos blogs ou sites pessoais dos seus idealizadores, existem hoje sites que cedem o seu espaço para a publicação das cirandas.
Existem também os sites coletivos de autores, como por exemplo o Recanto das Letras e a Usina das Palavras.
Além disso, tem-se tornado comum a edição de e-books contendo a ciranda.
Em alguns casos também existem as publicações das cirandas em livros de papel.
 
Afinal, qual é a importância de se participar de cirandas?
 
Além de tudo que já foi aqui exposto, a ciranda cumpre um papel importante na integração de poetas e escritores e na divulgação de seus textos, dados a conhecer em muitos lugares onde não chegariam com tanta facilidade.
Para um poeta iniciante, ter seus textos publicados e divulgados junto de autores já conhecidos, constitui um estímulo fundamental para a continuidade e aperfeiçoamento de sua maneira de poetar , inclusive colocando-o em contato com os mais variados estilos
e formas poéticas.
Para o poeta já "rodado" é também uma maneira de estimular a produção poética de outros.
 
O que são "Cirandeiros" e "Cirandantes"?
 
"Cirandeiros" são aquelas pessoas que propõem a criação da ciranda e os que as coordenam, recebendo os textos e colocando na ordem recebida dentro de uma mesma formatação.
" Cirandantes" são todos os que participam de alguma ciranda poética, enviando seus textos.
 
*****
 
Espero que estas considerações sejam úteis a tantos quantos se interessam pelo assunto.
abraços fraternos
Jorge Linhaça
 
Jorge Linhaça
Enviado por Jorge Linhaça em 08/09/2008
Reeditado em 08/09/2008
Código do texto: T1167848
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Jorge Linhaça
Salvador - Bahia - Brasil, 53 anos
3603 textos (668820 leituras)
95 áudios (12838 audições)
1 e-livros (272 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/14 16:54)