Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARACTERÍSTICAS DAS ESCOLAS OU ESTILOS LITERÁRIOS



SUBJETIVISMO - atitude artística que reflete o mundo interior do autor, seu estado de espírito, emoções e sentimentos  - Idade Média (teocentrismo), Barroco, Romantismo (egocentrismo) e Simbolismo.  //  OBJETIVISMO - reflete o mundo exterior, a realidade como ela se apresenta aos seus sentidos - Classicismo ou Renascimento (antropocentrismo), Arcadismo, Realismo, Naturalismo e Parnasianismo.  //  No Modernismo, total liberdade e mistura...

IDADE MÉDIA - Temas religiosos + inquietações habituais;  anseio de espiritualidade para combater instintos carnais; misticismo (crença no sobrenatural);  ascetismo (dascaracterização do corpo e dos sentidos em favor dos bens espirituais);  teocentrismo;  cristianismo;  sentimentalismo (inspiração na cultura-ambiente, tratada com excesso de sentimento:  predomínio do lirismo amoroso).

RENASCIMENTO - Temas religiosos separados da inquietações habituais;   ora problemas espirituais ora vida terrena;  temas que possam trazer imortalidade-consagração-glória;  racionalismo (crença na Razão);  materialismo (valorização dos bens corpóreos);  antropocentrismo;  paganismo;  humanismo (mimese do mundo greco-latino, isto é, adaptação de temas artísticos da Antiguidade clássica);  supervalorização do homem ideal, modelo universal.

BARROCO ou SEISCENTISMO - O século XVII    /crise moral-espiritual-social-econõmica  +  Concílio de Trento, 1545-1563 + Contra-Reforma, iniciada na Península Ibérica, com apoio nas monarquias católicas + desenvolvimento do capitalismo mercantil + descobertas de Copérnico/    deu ao homem a possibilidade de pensar no infinito e no nada.  Aparece, então, o homem pessimista em permanente conflito interior, busca de Deus e solicitações terrenas, colocado em contínuo dualismo, nele coexistindo dois princípios ou posições contrárias (sentido dilemático da vida, dualismo e tensão):  alma x corpo, bem x mal, espírito x matéria, cristianismo x paganismo, amor x sofrimento etc.; fugacidade do tempo, ilusão das coisas terrenas, morte, procura de uma realidade extraterrena --- no artista, uma visão exagerada e deformada da realidade:  feísmo, isto é, abordagem de aspectos que mostram sofrimento.  //  BARROCO LITERÁRIO - Movimento estético tendente a um retorno aos ideais artísticos e espirituais da Idade Média, acrescido dos valores em evidência do Renascimento:  enfoque do homem em conflito que se volta para Deus - reconhece erros provocados pelos prazeres da carne e mostra seu arrependimento, procurando bens espirituais;  ânsia de infinito; pessimismo, isto é, associação de dois ou mais aspectos de uma mesma coisa, jogo de contrastes, expressões paradoxais (luz x trevas, claro x escuro, amor x sofrimento, racional x irracional, cores, sons, sentidos etc.); ênfase oratória;  paráfrases, isto é, repetições; solidão do poeta à procura da companhia divina.  //  CULTISMO - estilo sinuoso, hipertrofia da forma, superlativação, exagero nas figuras, principalmente metáforas e antíteses.  //  CONCEPTISMO - linguagem de analogias, hipertrofia de conteúdo, jogo de idéias, malabarismo estilístico sem preocupação de lógica, exagero de alegorias, isto é, reunião de metáforas.  //  ROCOCÓ - O barroco ainda no século XVIII, com características neoclássicas - hipertrofia do barroco, delírio erótico, imaginação voltada à  sensualidade --- no Brasil, CALDAS BARBOSA e ANTÕNIO JOSÉ DA SILVA.

ARCADISMO, NEOCLASSICISMO, PRÉ-ROMANTISMO  ou SETECENTISMO - O século XVIII ou “Século das Luzes” foi  época de progresso, racionalismo e valorização da técnica e da ciência;  inclua-se o Iluminismo, movimento filosófico  caracterizado pela crítica à ordem social e à autoridade da época (esperando reformas com base nacional) e pela liberdade de pensamento;  evolução social da classe média; anseios renovadores de vida, do homem e da arte;  época do homem racional e cientificista, procurando explicar problemas através da Razão e não do sentimento.  No Brasil, ambição do ouro, ciclo da mineração, Minas Gerais como centro econômico e cultural do Brasil-Colônia.  //  ARCADISMO LITERÁRIO - Movimento estético de retorno aos ideais espirituais e artísticos do Renascimento, contrário às figuras do Barroco, na principal objetivo de enunciação simples das idéias .  Arcádias eram as sociedades dos poetas, integrantes relacionados aos árcades, pastores que habitariam a Arcádia, região imaginária da Grécia, considerada o paraíso da inocência e da felicidade - os poetas adotavam nomes/sobrenomes dos pastores celebrados pelos gregos e latinos, com o Menino Jesus como patrono; transfiguração da natureza   por símbolos e alegorias; presença de ninfas, dríades, faunos e do Amor; ideias e sentimentos resumidos na divisa “Inutilia truncat!” (cortar o inútil); bucolismo, graça, beleza, sinceridade e inocência pastoril. “Fugere urbem” horaciano, tema bucólico e a concepção do homem em estado natural, coração puro, ingênuo e simples, lirismo da vida em contato com a natureza; equilíbrio e harmonia, modelos horacianos e camonianos, apologia do “áureo mediocritas”; poesia endereçada a alguém e conseqüente tom de diáçogo;  confessionalismo do eu-poemático (personagem, não autor); vocabulário em modelos renascentistas, concepção petrarquiana, relato de paixão mesmo infeliz.  // PRÉ-R0MANTISMO - Rebeldia às regras anteriores com a publicação na Alemanha de “Sturm und Drang” (furacão e arrebatamento) que pregava a supremacia do sentimento sobre a razão, abordando aspectos íntimos da alma e do corpo, passadismo, irrealização, desespero e angústia com o presente, temática da morte e do fúnebre, sentimento da natureza - mais uma tendência que um movimento --- no  Brasil, TOMÁS ANTÕNIO GONZAGA (lirismo + sátira em “Cartas chilenas”).

                                         F  I  M

 
Rubemar Alves
Enviado por Rubemar Alves em 22/04/2017
Código do texto: T5978438
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rubemar Alves
Salto - São Paulo - Brasil, 50 anos
372 textos (10597 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/05/17 18:53)
Rubemar Alves