Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os dois lados do consagrado "TE AMO" (com justificativa)


                            Recentemente, inserimos, neste nosso espaço,
a frase "TE AMO", com o seguinte complemento (incompleto):

          "TE AMO"..."a mais verdadeira das manifestações sentimentais..
                          a mais grosseira das aberrações gramaticais"...

                            Assim posta, a frase acha-se vaga. Não foi apre-
sentada a justificativa necessária para o uso da expressão "a mais grosseira das aberrações gramaticais". Por isso, aqui vai essa justifi-
cativa:

                            É que temos um conteúdo gramatical chamado COLOCAÇÃO PRONOMINAL(ou colocação dos pronomes oblíquos),e, ao estudarmos o primeiro dos três casos - a PRÓCLISE, que consiste na colocação do pronome pessoal oblíquo ou átono ANTES do verbo - a
Gramática  nos ensina , GRAMATICALMENTE FALANDO, É INCORRETO QUALQUER FRASE COMEÇAR POR UM PRONOME OBLÍQUO (e, na frase
acima, é o que acontece : A frase começa com o pronome pessoal do
caso oblíquo "TE"). (A propósito, os pronomes oblíquos átonos são :
me, te, se, lhe, o, a, nos, vos, os, as, lhes).

                           Portanto, a mesma frase, com a mesma carga de
sentimentalismo, para estar enquadrada nos padrões gramaticais, de-
veria sofrer apenas esta pequena alteração :

                           Ao invés de : "TE AMO",
 
                           deveríamos dizer :
 
                           EU TE AMO

                          (Repare que, com essa quase imperceptível alteração, a frase já não estaria começando pelo pronome oblíquo,
mas sim, agora, pelo pronome pessoal do caso reto "Eu").
                                           

                                     "Tamos" entendidos?

                          (Agradeço a minha querida e - parece - assídua
                           leitora Luna Steinhertz - parece que é assim que
                           se escreve - que, num comentário oportuno, me
                           alertou a respeito desse "pequeno" detalhe invo-
                           luntariamente omitido por mim. Valeu, lindinha!)
pedralis
Enviado por pedralis em 02/11/2007
Código do texto: T720818
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pedralis
Salvador - Bahia - Brasil
3719 textos (4024077 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 09:22)
pedralis