Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cantu caipira. Ou puema du anarfabetu.

artô: danié fiuza
12/05/2001

eu vivu aki na rossa
mia vida vou tocandu
moru niuma paiossa
ká muié, fios i un manu.

num sei inscrevê dereitu
inscrevu cum corassaum
mi perdôi us meus defeitu
sô un pueta du sertaum.

gostu di fazê puema
falá sobri koiza bela
eu nunka fui au sinema
nem nunka açisti nuvela.

a minha muié é bunita
taum linda cuma uma frô
tem no cabelu uma fita,
nu corassaum muito amô.

meus fios vevem coradus
só toma leiti mugido
me orguio dos danadus
eita mininus kiridus.

minha kasinha e mudesta
adondi eu vivu filiz
de noiti fassu seresta
i os vizinhus pedi biz.

dispois ki sai o luá
i uz mininus drumiu
vô pra fora namorá
eu ca muié fiku a miu.

ponhei os guri na iskola
prum dia elis sê dotô
num kero jogandu bola
pra nunka sê jogadô.

eu kuidu da kriassaum
i a muié kuida da kaza
na rossa eu ganhu u paum
a nossu deuz damus grassa.

num vemus televisuaum
aki num tem inergia
di noiti e só paixaum
nois só trabaia di dia.

aki nois cói o ki pranta
todu nossu di cumê
nu armossu i na janta
cumida boa vai tê.

si chegá un vizitanti
nois acói e trata bem
nois e cristaum praticanti
e num despreza ninguem.

nois semus uns caipira
gente humirde da rossa
tem genti ki se admira
de nois nun entrá na fossa.

eu meus fios i a muié
vevemus na filicidade
nunka ponhamus o pé
numa bunita cidade.

u puema vô terminá
cum muita sartifassaum
tosso pru povu gostá
i sinti muita emossaum.
Domfiuza
Enviado por Domfiuza em 29/07/2006
Código do texto: T204526
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Domfiuza
Santa Barbara D'Oeste - São Paulo - Brasil
1103 textos (142662 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:37)
Domfiuza