Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEZ TROVAS DE AMOR PARA CARLA

Ao transitar no insondável
De mim, a buscar certeza
Se amar-te era formidável
N'alma vi: luz da beleza.


Eu tive em Deus a Fé forte
Pro sonho de amor viver
E sei que o destino: a sorte
Deu-me de na vida o ver.


Esta quadra mui simplória
Feita do amor que me traz
É Humilde canto pra glória
Do enorme bem que me faz.


Elevo-me -- d'alma em luz --
Ao Céu supremo da vida
Quando teu rosto reluz
Da lembrança revivida.


Quem sabe conter um homem
Em seus arroubos de amor
Nunca deixará que o tomem
Dos seus braços outra flor!


Onde ando que é só saudade?
[No sonho a vagar contigo.]
Amantes sem liberdade
De ter ao outro como abrigo.


Se a quimera mais profunda
Fosse primavera eterna
A ternura que me inunda
Floria flor sempre terna.


Se cada grito daqui
Ecoasse em minha mulher
Eu seria um bem-te-vi
Sempre a entoar que bem-lhe-quer!


Você dorme e eu na atitude
Imaginária ressono;
Dedilho verso do alaúde
Sonoro a soar do seu sono.


Tu que dormes sono justo
Da labuta de mulher
Teu semblante tão augusto
Declama que bem-me-quer?


***** Quadras escritas para Carla, durante o ano de 2005.
Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 05/08/2006
Reeditado em 01/10/2013
Código do texto: T209715
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 48 anos
676 textos (116529 leituras)
8 áudios (2991 audições)
1 e-livros (398 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 08:18)
Alexandre Tambelli