Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mãe Desculpe O Que Destas Linhas Iram Sair

Constantemente Venho Pedindo Força E Esperança, Bons Amigos Se Tenho Cinto Seria Muito E Isto Tudo Vai Para Seu Coração Me Sinto Mal Ver Minha Mãe Triste Por Tudo Que Sou E Vejo Tenho Pena Dos Trapos Que Circulam Pelas Ruas

É Tão Estranho Viver Para Existir Eu Poderia Ser Uma Simples Matéria
Deus Me Deixou Aqui Por Uma Forma Que Sou O Único A Decifra
Mais Irei Frustra A Lei De Deus Passar A Ser Estúpido E Me Impor

Sheila A Dor Não Está Só Na Perna E Braço
Já Se Instalou No Meu Corpo Inteiro

A Necessidade De Sair Para Ver O Mundo Foi Enorme
Victor Luiz Amaral
Enviado por Victor Luiz Amaral em 06/09/2006
Código do texto: T234091
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Luiz Amaral
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 28 anos
63 textos (6659 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:50)
Victor Luiz Amaral