Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despedida no leito da morte

Moça:Meu amado;
       Amado meu;
       Tenho que partir;
       Tenho que dizer Adeus;

Moço:Minha amada;
       Amada minha;
       Como posso viver;
       Se você não for minha;

Moça:Eu te amo tanto;
       Amado de minha vida;
       Mais tem coisas no mundo;
       Que separa as pessoas querida;

Moço:Não sei como viver;
       Sem você aqui comigo;
       Porque te amo tanto;
       Não mereço este castigo;

Moça:Não me jugue meu amado;
       Não me jugue por favor;
       Porque eu daria tudo;
       Pra não perder o seu amor;

Moço:Se me amas tanto assim;
       Não me deixe na solidão;
       Venha logo minha amada;
       Estender a sua mão;

Moça:Amado de minha vida;
       Me entenda por favor;
       O que mais quero na vida;
       É ter o seu amor;

Moço:Você diz que me ama;
       Será mesmo verdade;
       Porque então quer deixar;
       No meu peito tanta saudade;

Moça:Sei que jurei amor etermo;
       Sou culpada eu sei;
       Mais este é o tempo;
       De colher o que plantei;

Moço:Me leva com você;
       Não me deixe aqui sozinho;
       Como vou ser feliz;
       Sem você no nosso ninho;

Moça:Aqui termina minha vida;
       Aqui ficará o meu amor;
       Irei para o infinito;
       Onde não existe dor;

Moço:Terei que aceitar;
       É uma decisão de Deus;
       Mesmo sabendo;
       Que é triste dizer adeus;

Moça:Adeus amado meu;
       Guarde sempre o meu amor;
       Porque onde vou te esperar;
       Existe um jardim de flor;

Moço:A dor já não existe;
       Tudo será mais feliz;
       Porque lá no céu;
       O amor terá raiz.
Donyzethi
Enviado por Donyzethi em 22/11/2006
Reeditado em 02/10/2007
Código do texto: T298507
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Donyzethi
Simolândia - Goiás - Brasil, 29 anos
80 textos (92737 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:38)
Donyzethi