Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha essência

Ser palco, ou platéia
A cada recomeço, a cada queda uma estréia
Amor, ódio, alegria, indignação...
Maltratam, entorpecem, enlouquecem o coração

Em minhas trovas noturnas
Sinto no âmago de meu ser
Esperanças breves, adormecidas, futuras
De viver a alegria e o prazer

A dúvida cruel
Leva-me em minutos do inferno ao céu
Às lembranças de um poeta
Ou de quem me deu o mais puro mel

O amargor de meus dias
Que me rouba as alegrias
De um futuro roubado nas páginas de um livro com final feliz
Me recordo e me vejo da vida mera expectadora, aprendiz
Elizângela Fontana
Enviado por Elizângela Fontana em 15/09/2007
Código do texto: T653796

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elizângela Fontana
Caeté - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
1 textos (20 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 19:05)
Elizângela Fontana