Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

1544-SAUDAÇÃO AOS ITALIANOS E ÍTALOS-BRASILEIROS(Carversos-Carta em Versos)

1544-SAUDAÇÃO AOS ITALIANOS E ÍTALOS-BRASILEIROS(Carversos-Carta em Versos)

Homenagem Trovadora
Por Sílvia Araújo Motta

ABERTURA:

Belo Horizonte, outubro,
dois mil e sete a passar...
Abro o convite e me lembro
-Mensagem, preciso dar!

Escrevo por meio desta
Cartrova ou mesmo Carversos,
junto ao coração em festa
trago mãos cheias de versos.

ASSUNTO:

1-Para a Festa Italiana
com prazer fui convidada,
e aqui estou na Settimana
della Língua Italiana.

2-Palavra é força e ação,
que conduz planejamento,
a cultura em construção
executa o pensamento.

3-Faço em Língua Portuguesa
à Itália, uma SAUDAÇÃO
e nos versos, com certeza
trago respeito à Nação.

4-Itália terra querida
passou por dificuldade
por que a GUERRA em cada vida
transformou a realidade.

5-Elevo meu pensamento
à SAUDADE que essa gente
sentia a todo momento
de sua família ausente.

6-O Brasil abriu seus braços
e italianos convidou
para plantar novos laços
a mão de obra conquistou.

7-O italiano chegou
ao Brasil, Belo Horizonte,
e logo o sonho buscou
foi beber água na fonte.

8-Trabalhou na fundação
da Capital desejada,
com enorme contribuição:
mão de obra qualificada.

9-Após Guerra o mundo inteiro
cobrou por uma opção
mas o italiano altaneiro
soube cumprir a missão.

10-Getúlio Vargas tentou
o uso da língua impedir
mas o italiano ensinou
que a união só faz sorrir.

11-A Itália ficou famosa
por sua força altaneira
conseguiu de forma honrosa
a integração brasileira.

12-A “Pátria” vem do latim
“patris” de terra paterna,
“terra natal” tem pra mim,
laços de uma história eterna.

13-A Pátria do cidadão
pode até ser adotiva
pelos laços da união,
à tradição que cativa.

14-Os valores culturais,
os vínculos afetivos,
na Pátria são naturais
tornam cidadãos cativos.

15-Vem lá...do latim “paese”,
do latim “pagus” também!
Leva à “aldeia” qualquer tese
que ao “pagão” só diz amém.

16- Pátria é o lugar que se mora
e mostra o espaço geográfico,
por ele, qualquer um chora,
lindo, escolhido, fantástico.

17-Pátria está no ambiente
com razão selecionado,
local eleito da mente
onde o ser humano é amado.

18-O telurismo de Taine
de paixão naturalista
explica “pays” sem reclames
porque a raça é “modelista.”

19-O “País” modela a raça
Taine afirma em toda a história!
Pátria pede sempre a graça
para chegar à vitória.

20-Quem tem a mesma raiz
pertence à mesma “Nação”...
Quem defende seu país
cumpre a Lei e Constituição.

21-Do latim “patrius” indica
terra dos antepassados...
E Pátria, para quem fica?
-Os mortos, serão lembrados!

22-Nação lembra nascimento
força sangüínea, biológica...
“Patrius” leva o pensamento
ao passado e traz a lógica.

23-Pátria enfeita cada laço
e valoriza a memória,
espiritualiza o espaço
vivido em certa história.

24-Pátria mostra gerações,
a vida em comunidade,
revive nas tradições,
cultura, na realidade.

25-Miguel Torga explica Pátria
humana e civicamente...
É o espaço onde a alegria
convive naturalmente.

26-Na Pátria?
A respiração é plena
até o instinto sossega,
a inteligência entra em cena
mas a paixão chega e cega...

27-Para a Pátria que eu auguro
o passado tem sentido,
o presente tem futuro
para o momento vivido.

28-Para Fernando Pessoa
Pátria é a Língua Portuguesa,
que incorpora à terra boa,
sabedoria e beleza.

29-A Pátria dos imigrantes
reporta à dor e à saudade,
com familiares distantes
em outra realidade.

30-O consolo do imigrante
sempre envolve adaptação,
gentil, como visitante
tenta logo a integração.

31-Os imigrantes famosos
de puro sangue arterial
da Pátria sempre saudosos
não acharão outra igual...

32-A favor da educação
cada imigrante é educado
ou mesmo por gratidão
diz que o Brasil é amado.

33-Não importa, a situação
ou se a frase causa o efeito:
-Vale mesmo, a reflexão
a Pátria exige respeito.

CONCLUSÃO:

34-A poesia que hoje faço,
na internet vai ao mundo,
a Itália brilha no espaço
pelo seu saber profundo.

35-Fecho esta cortina...embora
no horizonte de cristais
ponho mil sonhos, agora,
com bênçãos, cada vez mais...

36-Vejo o italiano valente
entrelaçar a verdade,
a buscar no semelhante
cenário da identidade.

37-Sob estrelas e o luar
a Itália bela proclama:
-Sempre é tempo de viajar
para encontrar quem se ama.

38-Peço aos Magos das Marés
que acompanhem tal jornada
e na Itália ao por os pés
quero a “fórmula encantada”.

39-Visto a pena do Falcão
quero ver com olhos de águia
tudo o que envolve paixão
ou melhor, o amor que guia.

40-Com linguagens de arabescos
quero usar das artimanhas
chegar aos lugares frescos
sentir emoções estranhas...

44-Sou a Sílvia Professora,
Escritora e aposentada,
Violonista e trovadora
pela vida apaixonada.

45-Mensageira da alegria
cativa da arte e cultura
vivo a divulgar poesia
música e literatura.

46-O tempo mudou meus traços
pôs meu físico mais forte,
bem mais fortes, meus abraços,
dentro da vida, mais sorte.
-
47-E agora, ao terminar!
A todos deixo um abraço,
para a amizade estreitar:
um sorriso em lindo laço.
-
48-Sou brasileira e proponho
nestes elos de poesia
trabalhar pelo tal sonho
de unir a paz à alegria.

49-Italianos coirmãos
de puro sangue nas veias
numa corrente de mãos
trago versos em mãos cheias.

50-Companheiros, meus irmãos
nossas Pátrias são amadas:
-Vamos dar as nossas mãos
felizes, associadas.
-
Belo Horizonte, 12 de outubro de 2007.

VII SETTIMANA DELLA LINGUA ITALIANA NEL MONDO
EM BELO HORIZONTE-MINAS GERAIS-BRASIL-OUTUBRO DE 2007

---***---
Silvia Araujo Motta
Enviado por Silvia Araujo Motta em 12/10/2007
Reeditado em 13/10/2007
Código do texto: T691079
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvia Araujo Motta
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 66 anos
6948 textos (699614 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 15:31)
Silvia Araujo Motta