Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Moleque atrevido


Quando se fala de trova,
eu fico meio prevenido...
Pra não levar uma sova,
d’um moleque exibido...

Quando a trova e amor,
eu fico desprevenido...
Deixo de ser o sonhador,
pra ficar, meio atrevido...

Aureo Marins

 

Ficastes atrevido

Deixastes de ser sonhador

Me deixastes convencido
de que és um baita trovador.



Balneário dos Prazeres: 24 / 10 / 2007
Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 24/10/2007
Reeditado em 26/10/2007
Código do texto: T708425
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2316 textos (148745 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/08/17 06:30)
Volnei Rijo Braga