Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

trovas

Seu desejo me devora
em noites que o amor me acalma
fico perdido quando você demora
deixando inquieta minha alma...

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A natureza e sua realidade
sendo assassinada e arrasada
pela ganância da autoridade
na covardia da lei ultrapassada...


O amor é a dependência
e a loucura do caminho
quando passamos pelo dia
no vazio de uma taça de vinho...

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

A dor não é dona da vontade
e nem soberana da vida,
mas é a tristeza de uma realidade
por nós revivida...


poeta da paz
Enviado por poeta da paz em 11/11/2007
Código do texto: T733220
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
poeta da paz
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 62 anos
3694 textos (147938 leituras)
186 e-livros (26794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 16:44)
poeta da paz