Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



        Pinguela


Equilibrando na pinguela
Atravessa o rio, pescador
Pensando somente nela
Vai em busca do amor.

  (Maurélio Machado)



Amor,por vc ando na pinguela
serei equilibrista e palhaço
serei o bandido da novela
serei o lápiz do seu traço

   (Zeca repentista)


A pinguela é perigosa, 

requer bastante atenção. 

Se queres colher a rosa, 

espera crescer o botão.



       (HLuna)




Eu tinha um cachorro cotó
Que tentava passá na pinguéla
O cachorro cotó não passava
E ficou cum trauma procausa dela

       (ACAS)


Serei o lápis do seu traço,
desenharei no teu caminho
mergulharei em teu riacho
pra me afogar em teus carinhos.

    (Cassia Dias)




Duas coisa eu considero

Que moça virge num pode,

Gritá cuma quero-quero,

Passá pinguela cum bode.



      (Claraluna)



Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 28/11/2007
Reeditado em 30/11/2007
Código do texto: T756706
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
8051 textos (1682792 leituras)
2 áudios (1148 audições)
95 e-livros (6281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 07:01)
Maurélio Machado