CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto
TAPETE VERMELHO o Filme



  O CONTEXTO

           O cinema e a televisão como "artefatos midiáticos" de maior inserção na vida moderna, desempenham um papel fundamental no cenário educativo, pois ambos se utilizam de linguagens que ajudam crianças, jovens e adultos na construção de suas subjetividades. Mais que opção de lazer, um filme pode ser um excelente instrumento pedagógico, que possibilita a reflexão, instiga análises de recortes da realidade, de aspectos significativos do cotidiano. Um filme, de qualquer gênero, por si só, "já é uma aula".                       
            A atividade aqui relatada realizou-se na Escola de Ensino Fundamental Iremilton Leite, no município de São Miguel dos Campos, a 70 km de Maceió, e foi um debate organizado a partir da exibição de um filme. O escolhido foi TAPETE VERMELHO, por duas razões: a primeira, porque só existe cinema na capital e apenas uma pessoa do grupo, havia visto o filme; a segunda, achei muito justa e simpática a homenagem prestada a Mazaroppi, figura da maior importância para o cinema brasileiro, além de que,  por razões pessoais, gosto muito de filmes ambientados no universo caipira, mesmo que sejam urbanos.

  A SINOPSE

Quinzinho mora na roça, bem distante de qualquer cidade grande. Ele havia feito uma promessa ao seu filho Neco, de 10 anos: levar o garoto para assistir a um filme estrelado por Mazaroppi em uma sala de cinema. Desejando cumprir a promessa a qualquer custo, Quinzinho, sua esposa Zulmira, Neco e o burro Policarpo viajam pelas cidades em busca de um cinema que esteja exibindo o filme.
 
Ficha técnica
Filme: Tapete Vermelho
Gênero: comédia
Duração: 100min.
Direção: Luiz Alberto Pereira
Trilha sonora: Renato Teixeira
Elenco: Mateus Nachtergaele, Gorete Milagres, Vinícius Miranda, Ailton Graça, Rosi Campos, Paulo Betti...

  A ATIVIDADE

            Ao apresentar a sinopse destaquei alguns aspectos que devem ser considerados ao se organizar uma exibição de filme, seguido de DEBATE, como ferramenta pedagógica:

-  Deve ser uma ação planejada, com objetivo definido;
-  O professor deve ver o filme antes para explorar as possibilidades pedagógicas e os aspectos que irá ressaltar para o grupo; observar faixa etária recomendada, para aproximar ao máximo da área de interesse da turma;
- O professor deve envolver no planejamento outras disciplinas, outras áreas de interesse, pois o tempo de um filme não cabe no tempo de apenas uma aula, a não ser curta-metragem e documentários. É recomendável que seja uma atividade o mais coletiva possível;
- A atividade  terá um ótimo retorno se realizada dentro de uma seqüencia didática já iniciada ou desencadeada a partir da exibição.
            Especificamente no filme TAPETE VERMELHO, sugeri que observassem o entrelaçamento entre a cultura popular (linguagem, manifestações da religiosidade, manifestações folclóricas - lendas, personagens, música, costumes,) e recorte da realidade brasileira contemporânea (a questão dos sem-terra, da criança em situação de risco...).
            Após a exibição, mediei o debate a partir dos aspectos destacados, estimulando a livre expressão das idéias, a argumentação, os comentários sobre cenas, personagens, trilha sonora (impecável!) e outros detalhes que enriqueceram ainda mais a percepção de todos em relação ao filme. Lembrei a eles que após ver o filme, havia revisto vários filmes de Mazaroppi, além de "viajar" nos clássicos musicais da música caipira.
            Na avaliação da atividade, ficou compreendido, no conjunto dos professores, que a exibição de um filme no espaço escolar não é atividade para "tapar buraco". Foi ressaltada a importância de se realizar mais atividades dessa natureza, principalmente porque se conquista a atenção dos alunos, tão desinteressados na aula convencional. Além de debates, a exibição de um filme pode e deve render várias outras atividades interessantes e estimulantes para o conjunto dos alunos. É só PLANEJAR  e... dar asas a imaginação!
            Quero agradecer  aos professores da Escola Iremilton Leite, pois trabalhar com eles e rever TAPETE VERMELHO em tão boa companhia foi mais que uma atividade de oficina pedagógica: foi prazer e lazer, em minha vida de professora.


   A BIBLIOGRAFIA

NAPOLITANO. Marcos. Como Usar o Cinema na Sala de Aula- São Paulo: Contexto, 2003.
REALI. Noeli Gemelli(org).Cinema Na Universidade: possiblilidades, diálogos e diferenças.Chapecó:Argos,  2007.(Destaque para o artigo CINEMA A AULA OUTRA,  da organizadora, pág 127)
 
*Prestigie o cinema nacional

 Da Série Vida de professora




EDNA LOPES
Enviado por EDNA LOPES em 24/05/2008
Reeditado em 27/07/2011
Código do texto: T1003668

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edna Lopes). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
EDNA LOPES
Maceió - Alagoas - Brasil, 51 anos
1205 textos (303904 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/09/14 18:19)