CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

OS NUTRIENTES DAS PLANTAS (4) - O boro (B), cobre (Cu) e ferro (Fe)

O boro (B), cobre (Cu), ferro (Fe), manganês (Mn), molibdênio (Mo) e o zinco (Zn) são os chamados micronutrientes. A planta precisa deles em pequenas quantidades mas são tão importantes que não podem faltar no solo. A sua deficiência compromete o desenvolvimento da planta refletindo-se na queda de produção. Quando um deles ou mais estão deficientes no solo é feita uma adubação foliar ou são incorporadas nas misturas de adubos NPK.

BORO (B):

O boro (B) apresenta uma série de atividades e funções nas plantas:
• Divisão celular;
• Viabilidade dos grãos de polén;
• Formação dos frutos;
• Metabolismo dos carboidratos e da água;
• Síntese das proteínas.

As deficiências de boro, de acordo com as culturas, são:
• Crescimento prejudicado;
• Má formação dos frutos;
• Morte dos brotos terminais;
• Folhas de bordos enrolados;
• Grande queda dos frutos;
• Amarelecimento das nervuras das folhas;
• Queda excessiva de botões florais;
• Fendas através do caule.
O baixo nível de umidade diminui a disponibilidade de boro. A aplicação de boro em excesso pode tornar-se tóxico para as plantas.
A forma de boro absorvida pelas plantas é a  (BO³ ‾).


COBRE (Cu):

O cobre (Cu) é importante na formação da clorofila. O cobre é necessário em pequenas quantidades.
As deficiências de boro aparecem tanto em solos com alto teor de matéria orgânica como em solos arenosos e ácidos, e em solos alcalinos.
Altas temperaturas com alta umidade são desfavoráveis para a liberação de cobre pela matéria orgânica.
As deficiências mais comuns de boro são:
• Morte dos ramos novos;
• Folhas amarelas;
• Folhas torcidas com pontas secas;
• Amarelecimento entre as nervuras;
• Morte das folhas.

O cobre reage com a matéria orgânica do solo formando compostos que não são aproveitáveis pelas plantas de imediato. Por isto, em solos com alto teor de matéria orgânica há necessidade de aplicações anuais. A aplicação excessiva de cobre pode torná-lo tóxico principalmente em solos pobres de matéria orgânica.
O cobre apresenta problemas quando misturados com outros fertilizantes. O sulfato de cobre solúvel reage para formar compostos insolúveis com os fosfatos de amônio de fertilizantes fluidos.
O cobre (Cu) é absorvido nas formas  Cu+  e  Cu++.

FERRO (Fe):

O ferro é importante para a produção de clorofila e para o processo de respiração ou seja transferência de energia.
O amarelecimento entre as nervuras das folhas novas é um sintoma da deficiência de ferro. Uma deficiência severa pode apresentar folhas quase brancas como no sorgo.
Os fertilizantes foliares são a melhor via de aplicação de compostos de ferro.
O ferro é absorvido pelas plantas nas formas  Fe++  e  Fe+++.

No "Os Nutrientes das Plantas (5)" vamos comentar o papel do manganês (Mn), molibdênio (Mo) e zinco (Zn) na nutrição das plantas.

Gismonti - Eng°. Agronomo
http://agronomiacomgismonti.blogspot.com
gismonti
Enviado por gismonti em 27/01/2009
Reeditado em 31/05/2009
Código do texto: T1406965

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (gastao braga agronomiacomgismonti.blogspot.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
gismonti
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 72 anos
50 textos (130069 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/09/14 20:44)