Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Serafim
Arapiraca - Alagoas - Brasil, 42 anos
74 textos (5281 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/07/19 08:31)
Serafim

Textos do autor
Perfil
MEU CONTEXTO...

Alguém me disse que o amor também é uma forma de ativismo...
E eu digo que a saudade é uma forma de desequilíbrio, mesmo para os mais fortes...

Eu poderia apontar um fanatismo torpor religioso, que fazem as pessoas mesmo sabendo da sua história, desconfiar e até murmurar de vc ....mas perdoei quando detectei um misto de traumas com falta de experiência...

Algumas pessoas sentem medo...
E são capazes de coisas imagináveis pra se protegerem...
Eu sei dizer que muitas coisas são perigosas. Mas a falsidade é mais perigosa do que qualquer veneno...
E a mentira é o produto mais destrutivo da falsidade. O mais torpor de todos os químicos para o emocional humano..
E para que se possa cegar a consciência é necessário esfaquear o intecto pelas costas...

Nesses tempos de maldades, nem todos nós somos vítimas...
Os atores desse século, não são apenas gentis personagens
Alguns são seus próprios vilões, e a maioria, são os protagonistas dos seus próprios dramas...
Outros são apenas figurantes na vida de alguém...
Pois no século da indiferença, a empatia é água no deserto...
Posto que:
"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo.
Então para ser popular é indispensável ser medíocre." 
Assim posso tolerar a força bruta,mas a razão bruta é intolerável. há alguma coisa torpe no recorrer à ela como arma; é como esfaquear o intelecto pelas costas."

Versos que tento lembrar, histórias que tento esquecer..
Uma boa reflexão sempre produz um terreno fértil pra uma compreensão restauradora...

Mas nem por isso pense que compreenderá o final do filme, só porque ouviu falar dos bastidores...
Os textos podem ser repetidos, mas as vítimas são únicas e individuais.
Os poemas podem ser conhecidos, mas os "contextos", são "pessoais" e particulares...

E OS MEUS ?
Ahh... os meus...
"Os meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão"...

Eu também estou vendo que o "meu trem" está desacelerando irmã Leonor...
Mas não penso mais em pular...
Nem todos nós conseguimos enxergar os "desvios"...
E os fanatismos só querem focar no "descarrilhamento"...

Mas para nós que "somos do dia", a visão é mais além...
E como eu disse uma vez:

Sentir tudo em dobro não só tem a vantagem da visão e da Luz que recebemos .
O "Preço" que pagamos pela sensibilidade a mais à nós confiada, além da dor da incompreensão da maioria, em assutos específicos, há uma companhia contínua da solidão em outros tantos. E é tanto duido quanto a falta de reciprocidade na disposição de AMAR.

E para alguns até mesmo a justiça desse século será adiada...
E  não pense que isso vos será o pior...
Porque haverá dias que até o "amor" vos será negado...

Eu sei que o tempo está mudando, mas...
  "Ainda vai levar um tempo"...
pra restaurar o que feriu por dentro...
E algumas saudades, só irão aumentar... 
Outras, nem o tempo poderá restaurar....

Com amor...
 Serafim,  ....  do outro lado do Rio


Do Amor
- A intensidade de viver -

Ninguém pode conviver sozinho com a beleza que é capaz de perceber.
E quanto a nós, que buscamos o Absoluto, e que construímos um jardim usando a nossa própria solidão, a Vida nos deixou a imensa paixão para aproveitar cada instante, com toda a intensidade.

Gibran Kalil Gibran

http://www.youtube.com/watch?v=sduEq3kM3uY

REFLECTION

Olhe para mim
Você pode pensar que você vê
Quem eu realmente sou
Mas você nunca me conhecerá 
Todo dia É como se eu jogo uma parte
Agora eu vejo
Se eu vestir uma máscara
Eu posso enganar o mundo
Mas eu não posso enganar meu coração...

Quem é aquela garota que eu vejo
Me encarando por trás?
Quando meu reflexo mostrará
Quem eu sou por dentro?
Eu estou agora em um mundo onde eu tenho que esconder meu coração
E no que eu acredito...
Mas de alguma maneira eu mostrarei ao mundo...
Ou o que está dentro do meu coração
E serei amado por quem eu sou
Quem é aquela garota que eu vejo 
Me encarando por trás? 
Por que meu reflexo é alguém que eu não conheço? 
Eu tenho que fingir ser alguém mais por todo o tempo?

Quando meu reflexo mostrará
Quem eu sou por dentro?
Há um coração que tem que ser livre para voar
Que queima com a necessidade de saber qual a razão?
Por que todos nós temos que esconder
O que pensamos? 
Como nós nos sentimos? 
Deve haver um segredo em mim ...
Sou obrigado a esconder?
Eu não fingirei ser alguém mais por todo o tempo
Quando meu reflexo mostrará
Quem eu sou por dentro? 

Reflection (Mulan) -Christina Aguilera 

http://www.youtube.com/watch?v=qG58RiE93v0

"A CARTA

ESCREVA-ME UMA CARTA...
UMA CARTA ANTIGA...
ESCRITA COM A EMOÇÃO DE UMA SAUDADE INCONTIDA...
UMA SAUDADE DE QUEM QUER VER, SABER NOTÍCIAS...
UMA SAUDADE REALMENTE DUÍDA,
QUERO SENTIR A EMOÇÃO VINDA DA SUA PRÓPRIA MÃO,
NAS CURVAS DAS SUAS LETRAS TREMIDAS OU SEGURAS,
APRESSADAS OU PENSATIVAS... 
QUERO SENTIR UM POUCO DE VOCÊ NAS ENTRELINHAS...
TRANQUILA OU APREENSIVA
NÃO ME PERGUNTE O CONTEÚDO...
QUERO UMA CARTA DE AMOR .... 
MELOSA COMO QUALQUER CARTA ESCRITA POR ALGUÉM QUE REALMENTE AMA.... 
CHEIA DE DÚVIDAS ENRRUSTIDAS DE APELOS ENCANTADORES, 
DE SONHOS SONHADOS EM NOITES DESOLIDÃO, 
DE DESEJOS CONTIDOS QUANDO NÃO HÁ EXPLOSÃO...
DEIXE CAIR A LÁGRIMA SOBRE A TINTA, PARA QUE DE VOCÊ EU SINTA:
QUE LHE SOU ESPECIAL ...
DESPEÇA-SE COM JURAS QUE SÓ QUEM AMA JURA E SÓ QUEM RECEBE PODE SENTIR... 
O TAMANHO DA TORTURA... 

ESPERAREI ANCIOSO ESSA CARTA MARAVILHOSA...
QUE ME FARÁ FELIZ...

OLHAREI TODOS OS DIAS A CAIXA DOS CORREIOS PROCURANDO EM SEUS ANSEIOS A TRADUÇÃO DA MINHA ALEGRIA...

COM ANSIEDADE A CARTA SERÁ ABERTA...
PRIMEIRAMENTE LIDA COM PRESSA...
PARA DEPOIS SABOREAR A EMOÇÃO...

E DEPOIS DE TANTO RELER ADORMECEREI PENSANDO EM VOCÊ E EM CADA LINHA QUE ATINGIU MEU CORAÇÃO..."

TACIANA VALENÇA

 "As criaturas não nascem com desejos, a menos que exista satisfação para eles. Um bebê sente fome: bem, existe uma coisa chamada comida. Um patinho quer nadar: bem, existe uma coisa chamada água. Os homens sentem o desejo sexual: bem, existe uma coisa chamada sexo. Se eu encontrar em mim mesmo um desejo que nenhuma experiência neste mundo pode satisfazer, a explicação mais provável é que fui feito para outro mundo." 
– C.S. Lewis, Mere Christianity, pág. 121. 

"A cada bela impressão que causamos, conquistamos um inimigo. Para ser popular é indispensável ser medíocre." 
Assim posso tolerar a força bruta,mas a razão bruta é intolerável. há alguma coisa torpe no recorrer à ela como arma; é como esfaquear o intelecto pelas costas.

http://www.youtube.com/watch?v=MC-7IfiQ-NA

"Não sou como a abelha saqueadora que vai sugar o pólen de uma flor, e depois de outra flor. Sou como um negro escaravelho que se enclausura no seio de uma única rosa e vive nela, até que ela feche as pétalas sobre ele; e abafado neste aperto supremo, morre entre os braços da flor que elegeu." 

(Roger Martin do Gard)

HÁ QUANTO TEMPO ESPERO POR ESSA ROSA.....

... A verdadeira forma de AmAr: http://www.youtube.com/watch?v=_Bhl_-XUMao 

[ BEIJOS SÓ NÃO SÃO CONTRATO PARA PESSOAS PELA METADE, MAS EU SOU INTEIRO PRA VOCÊ... ]

"Um condenado está morto. 
Sua execução não é motivo de comemoração, bem como não é vingança.
É um capítulo no mundo da justiça e da recuperação.
Eu pessoalmente não acredito na pena capital. Acredito no direito das vítimas. 
Acredito que elas mereçam recompensa. Não importa o quão significativo ou não signficativo possa ser em comparação com a perda. 

 [ "Eu sofri uma perda ]
E como alguns, passei noites sem dormir, tentando em desespero acabar com a violência do instinto de vingança. 
 [E pelo Amor dos princípios eternos, sufoquei o Jonas dentro de mim]
E fiquei imaginando se essa dor acabaria, e aprendi que o tempo não não cura uma ferida.
Mas de alguma forma, de um jeito misericordioso diminui o tamanho dela.... 
E mesmo aos pedaços: 
Você consegue continuar "...

POR ISSO :
As vezes ando só...

"trocando passos com a solidão...
É, mas tenho ainda muita coisa pra arrumar...
Promessas que me fiz e que ainda não cumpri...
Palavras me aguardam o tempo exato pra falar"
 
Coisas minhas...
Talvez você nem queira ouvir...


Última atualização em 18/07/19 08:31