Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
Paulo Raven
Longyearbyen - Svalbard - Svalbard
203 textos (8069 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/04/20 00:54)
Paulo  Raven

Textos do autor
Perfil
Amor Vincit Omnia!
Ainda que a Morte triunfe...

Quase ninguém gosta da tristeza, mesmo assim, não temo revelar a minha.
Se meus textos não agradarem, há sempre a possibilidade de ir para outra página. Escrevo de forma crua e visceral, não é por mal, é porque preciso.

A solidão é um abraço do tempo que une presente e passado esperando por um futuro que talvez não chegará...

"A intenção da ferida é a cicatriz..." Lacan.

"Acredito que existe um lugar
onde as almas aflitas vagam
sob o peso da própria tristeza...
Esperando a hora de acertar,
de corrigir o que está errado.
Só então, podem reencontrar
aqueles que realmente amam.
Às vezes, um corvo indica o caminho...
Porque às vezes...,
o amor é mais forte do que a morte."
The Crow - City Of Angels

"Deliberei amar.
Corto em pedaços o músculo sangrento,
alheio e triste a quem por isso culpo.
Irmão, um dia aprenderemos a entender a entranha.
E nunca mais seremos diferentes."

Renata Pallottini

Abismo

Eu quero absorver intensamente toda tristeza do mundo
 As esperanças não alcançadas dos filhos que não nasceram
 O Pranto de mães desconsoladas...
 Eu quero sentir profundamente toda a dor
 A dor de não ter amor, não ter paz, não ter futuro
 Pelo trabalho rotineiro de cada dia
 A comida sem graça e fria
 A desigualdade, a injustiça o olhar distante
 Toda a dor da infelicidade
 Eu quero aguardar a catástrofe silenciosamente
 E com meu cansaço estafante e descomedido
 Pelo excesso das palavras, das mentiras, das ilusões dos pesadelos... tantos...
 O horizonte se distanciando... longe... longe...
 Quero chorar muito, eu quero chorar muito sem nenhum constrangimento
 Sem parar, sem parar...
 Eu quero ser tragado pela realidade e me esconder na sombra de minha insignificância
 Para que no momento distante, se houver...
 Eu possa despertar para um mundo agradável e melhor...
 
 Nilson Oliveira...
 
 Faço minhas essas palavras


A Viagem Definitiva

"...e eu partirei. Mas os pássaros ficarão, cantando:
e meu jardim ficará, com sua árvore verdejante,
com seu poço d'água.
E em muitas tardes os céus serão azuis e plácidos,
e os sinos da torre repicarão,
como repicam esta tarde.
Aqueles que me amaram passarão,
e a cidade explodirá de novo cada ano.
Mas meu espírito sempre vagará nostálgico
no mesmo recanto escondido de meu jardim florido."

Juan Ramon Jimenez
Prêmio Nobel de Literatura


Se seus velhos amigos
partiram
Se a antiga tribo
extinguiu-se
e você sobrou...
Se aquele eterno amor
feito só para você
hoje vive um outro
e você sozinho...
Se os sonhos
(ah, os sonhos)
estão lacerados
e nada mais há
de esperanças nas manhãs
e você não abraçou novos amigos
e não amou mais ninguém
e não encontrou outros sonhos...
Então
esqueça!
De joelhos
erga as mãos e parta
com
alguma coragem...
Que esta vida daqui
inviabilizou você.
Sérgio Luiz Dias

"Nenhum homem é uma Ilha,
Cada homem é uma parte do Continente,
uma parte da Terra...
A morte de qualquer homem me diminui porque
sou parte do gênero humano.
E por isso não perguntes por quem os sinos dobram,
Eles dobram por ti."

John Donne

Eles começaram perseguindo os comunistas,
e eu não protestei, porque não era comunista.
Depois, vieram buscar os judeus,
e eu não protestei, porque não era judeu.
Depois ainda, vieram buscar os sindicalistas,
e eu não protestei, porque não era sindicalista.
Aí, vieram buscar os homossexuais,
e eu não protestei, porque não era homossexual.
Aí então, vieram buscar os ciganos,
e eu não protestei, porque não era cigano.
E depois, vieram buscar os imigrantes,
e eu não protestei, porque não era imigrante.
Depois, vieram me buscar.
E já não havia ninguém para protestar


Martin Niemöller


“O que fazemos na vida, ecoa na eternidade...”
Do Filme Gladiador
 


Última atualização em 01/04/20 00:54