Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre o autor
MarioSirSion
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 43 anos
529 textos (5766 leituras)
2 áudios (9 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/11/20 22:53)
MarioSirSion

Textos do autor
Áudios do autor
Perfil
O Livro de Platina:


O Livro de Platina,é um texto de caráter religioso,didático,e transcedental,com conteúdo voltado ao foco da explicação psicodélica,sobre um assunto bem antigo,e inclusive,antropológico-analítico.
Leia-se com atenção aos detalhes,e com a mente voluntária,aos horizontes desconhecidos da psiquê.
Boa leitura dos trechos,colunas,e textos.


Temos a declaração de Sama,como ponto destaque inicial,a início de leitura,e trabalhos em grupo escolares,de autoria do escritor autônomo,Mário Antúnez:

"Mensagem Transcedente:
Ouví,Templos,
Sama vos fala,
Sou dos horizontes desconhecidos,
Venho lhes revelar,
Que a forma de Fé,
É Dom nato de todo Ser,
E particular dele,
Por direito,
Forças Transcedentais,não habitam Templos humanos,
Nem cobram deles valores por usufrutos províndos das Alturas,
Não dependem de líderes religiosos,para contactarvos,
Vós estais a dividír errôneamente a Humanidade,que é uma Família,em meio a qual Religião quer se dizer superior às demais,
Dizendo,que qualidades são provenientes de acordo a serem ou não de vossas formas de fé,
Quando ser bom,ou mau,depende é do caráter de cada ser,
Tentais dividír a Humanidade,entre uma imaginária "raça ou povo eleito",
Quando as Alturas,amam cada ser,com igualdade dentre vós,
Sou o que vêm,
Para lhes avisar do que faltava-lhes notar,
O primeiro,e o último,
Além de mim,
Nenhum outro virá,
Para salvar vossas venerações,
Após o tempo terminar,
Qual tempo apenas as Alturas sabem quando findará,
Não haverá mais salvação para a Religião na Terra,
Se não atentares à essa palavra,
Toda forma de Religião ruirá,
E com elas,os Governos,As forças existentes,
E consequentemente,
Vossa civilização,
Os transtornados afirmam que são,
Os delirantes,dízem que retornará,
Mas sou,
E vím por primeira vez,
Só as Alturas sabem quem sou,
E apenas elas,sabem meu destino,
Sou Sama,
Cada povo me chama por um nome,
Mas apenas as Alturas sabem qual meu nome real,
Não há crença qual eu não simpatize,
Mas há equivocadas atitudes nelas,
Quais sou contra,
Pelo senso,
Sou Sama,
Termo este que conheceis,
Mas meu nome verdadeiro,
Fisionomia e detalhes,
Não conheceis."


Num trabalho em grupo,de caráter didático,este texto,cai como um destaque importante,sobre a tradução e uso,qual vem sendo dada às massas,no quesito,dogmas e religiosidade.
Trazendo às claras,a grande questão dos reais valores;

1-É a Religião,uma forma de lucro fácil?!
2-São necessárias,hierarquias religiosas,ou o próprio senso e caráter pessoal,dita os reais valores?!
3-É possível uma forma de crença,sem denegrír às demais Religiões?!

Tal é o Teatral Ato da declaração de "Sama".


Eis que me ví aos pés do Olimpo,nova era,a terra renovada,quem dera!
A lagoa cristalina dos sensitivos,
evidenciou o êxtase dos "Ápices"

Homens,não sabeis compreender os próprios homens,e quereis explicar os Deuses?!


 


Última atualização em 24/11/20 22:53