Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Autores

Sobre a autora
SBernardelli
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil
914 textos (332287 leituras)
25 e-livros (11560 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 16:42)
SBernardelli

Textos do autor
Perfil
Sandra Lucia Bernardelli - Nasci em Recife - Pernambuco, em 22/12/ 1956. Vim para São Paulo quando bebê. Estudei em Escola Pública. Cursei Letras, desistindo do curso e transferido- me para o curso Direito por um ano na Universidade de Guarulhos (UNG) desistindo novamente do curso. Voltei novamente a estudar tendo como opção definitiva o curso de Letras na Universidade da Cidade de São Paulo (UNICID). Sai de São Paulo  passando a morar na cidade de Caraguatatuba - Litoral Norte de São Paulo – Trabalhei como Funcionária Pública Estadual.
 
Trabalho como escritor
Desde adolescência já gostava de escrever, mas passei a publicar os meus escritos no ano de 2004 participei de concursos de poesias e também participei em várias cirandas poéticas com grandes poetas, fiz dueto com escritores como Rivka Cohen, Marcial Salaverry, Wilson Carvalho de Oliveira. Além disso, amo fotografia e gosto de utilizar a luz das imagens como poesia.

 
Obras Publicadas
Não tenho obras publicadas, entretanto colaboro há muito tempo com publicações em vários sites, blogs, grupos e comunidades.
 
Prêmios de Participação
Prêmio de Poesias e Poemas para Blogueiros (2006)/Prêmio de Participação da Ciranda Poética AVPB - 02/07/2007 (2007 /Ciranda poética- Trem da Poesia (2008) /Ciranda poetrix – Não se perde (2009 /Ciranda poética Escrever (2009) / Ciranda poética- O que é saudade (2009)/Ciranda poética- Um encontro (2009)/ Ciranda poética – A amizade (2009)/Ciranda poética- Saudade de um grande amor (2010)/Antologia Poetica - Dia Nacional da Poesia (2011).

Nota do escritor:
Para ser escritor é preciso ser ousado, ter coragem de errar mais do que acertar. É expressar o que vai à alma e no coração. Ser poeta é sofrer de inspiração, ser contista é ter antes de tudo muita imaginação.

A importância do que escrevo determina enquanto escritora, assim como as várias idades, outras vezes a verdadeira. Ser fotógrafo é usar as mesma emoções de quem escreve,mas com olhar e um dedo .


Através da poesia ou mesmo escrevendo com luz gosto de transmitir amor, esperança e otimismo, pois acredito que hoje é melhor do que ontem e amanhã será melhor ainda.

A paz, a fé e o amor são expressões que não devem ficar apenas nas palavras, elas devem estar presente na vivência e no nosso comportamento.


PS: Todos os textos estão sendo revisados.


Última atualização em 19/09/19 16:42