Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(43).Dos bailes da vida ate a Univ.Mineira de Arte (a Saga..)

Constâncio já era o primeiro sax alto de uma Orquestra que atuava no Clube Belo Horizonte,nas vesperais domingueiras comecando por volta das 8 da noite e ia ate a 1 e as vezes 2 hs da madrugada. Como todos eles tocavam por apartituras, quando acabavam de tocar o arranjo ,ficava um espaco sem musica enquanto todos viravam as folhas para lerem o arranjo da musica seguinte .por sugestáo de meu pai passei a integrar a Orquestra com a funcáo de cobrir este espaco para que a pista de danca náo se .esvaziasse
      Como eu tinha facilidade de pegar de ouvido qualquer musica que escutasse, nao necessitava de partitura para preencher aquele espaco e dava tempo de sobra para que os musicos de sopro(trumpetes, saxofones e trombones)se organizassem com suas partituras
     Enquanto isto, ouvia-se uma nova musica com a "cozinha", o quarteto formado pelos menos votados,acordeon, guitarra,contrabaixo, bateria ou percussáo. Como nosso repertorio era de musicas mais atuais, sucessos da epoca, o Quinteto improvisado acabou agradando tanto que criou vida propria e com a lideranca do Percussionista[Ze do Bongö) acabou  se desligando da Orquestra e fazendo seus proprios bailes,o que dava um dinheirinho a mais, ja que eramos menos componentes que uma Orquestra completa...Passada a fase do Conjunto de bailes fui convidado a integrar um conjunto que atuava todas as noites
numa Boite Cujo Lider era um eximio pianista e professor de musica no Quartel...Como por volta de meia noite náo havia mais frquentadores na boite, que era num hotel,a pedido meu ecom a boa vontade do Pianista, passei a tomar aulas de Teoria musical com ele( que era meu fá),depois de meia noite, com o compromisso de pegar correndo o acordeon se por acaso algum frequentador retardatario entrasse na boite naquela hora...Minha intencáo era me prepara para um teste de admissáo aos Cursos de musica na Universidade Mineira de Arte, mais tarde Fundação e hoje Escola de musica da Universidade Estadual de Minas Gerais.Tive a maior facilidade nos estudos,dada a intimidade que tinha a anos com a musica dos Bailes da Vida.
     Em quatro anos de estudos de teoria e Harmonia, me senti apto e curioso para fazer Arranjos musicais para Conjuntos e Orquestras.   Como ainda náo existia Curso de Arranjador na escola,comecei tirando(escrevendo para cada instrumento)dos discos LPs, todos os Arranjos que eu gostasse.
    Nesta altura ja tinha formado meu proprio conjunto musical,composto de Piano, acordeon, Guitarra, contrabaixo, bateria, tompete e sax-alto. e praticava com este grupo, os arranjos que fazia experimentalmente. Pr este Grupo passaram v[arios dos excelentes m[usicos mineiros que hoje auam com sucesso no cen[ario musical da mpb, como,Wagner(Tiso),Nivaldo(Ornellas) Toninho(Horta)
seu irmáo , o excelente baixista Paulinho horta,Dino, Pl[inio, Sampaio, Pepeto, Waltinho, um baterista genial que atraia musicos de outros estados só para ouvi-lo tocar e tantos outros que teria que escrever outra Crónica sópara enumera-los...

 
Aecio Flávio
Enviado por Aecio Flávio em 05/02/2007
Reeditado em 23/10/2007
Código do texto: T370699

Comentários

Sobre o autor
Aecio Flávio
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 79 anos
139 textos (22285 leituras)
117 áudios (22761 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 17:19)
Aecio Flávio