Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
      Carta aberta aos participantes do  
                          Recanto das Letras   


Por estar um pouco cansada de situações acontecidas comigo, e por só conseguir escrever tristezas, sofrimentos, solidão, saudades, viver do passado que nunca vai voltar, nem mais em sonhos, e por estar mesmo, com toda franqueza ,um pouco desiludida, e para, quem sabe; não ter mais noites eternas sem dormir, vendo o dia clarear ; resolvi em vez  de criar poesia, prosas,  pensamentos, tudo isso enfim, escrever por um tempo, sobre temas que adoro, que me dão prazer de  falar  e ler, coisas que estudei, para nada serviram, mas gostei de saber, e então terei até alegria de aqui postar alguns assuntos que sei, e que nem a todos vão agradar, mas já aprendi que não se pode satisfazer ao mundo, se não conseguimos agradar pessoas tão próximas da gente; então é seguir em frente e aguentar o que vier.
Assim passarei a escrever sobre tudo  aquilo que gostar, seja insignificante, vulgar, ou de suprema importância pelo que significaram na vida.
Refiro-me  a escritores de romances, poetas, compositores, pintores, pessoas famosas na área da medicina , cinema,  etc...
Lendo suas biografias, pude constatar, até mesmo nos atores de cinema, estrelas, famosas desejadas, atores que faziam o sonho de mulheres , foram de tanta infelicidade e nas artes, muitos morreram na miséria e sem nenhum reconhecimento. Não estou dizendo que gosto de ler tragédias, mas é uma constatação. E assim, por algum tempo, estarei falando àqueles que têm me dado a sua atenção lendo o que faço, sobre assuntos bem diversos e que para mim, são muito interessantes. Se não agradar  a  muitos vou entender pois cada um é um, cada um tem seus gostos, todos somos diferentes, e não poderia ser tudo igual, seria até muito monótono e não teríamos belas poesias aqui no Recanto, artigos, prosas, etc..sempre de muito boa qualidade, e não estou me incluindo, pois ainda tenho muito, mas muito mesmo, para crescer e poder dizer que sou poeta, ou escritora, ou qualquer tema que tenha a ver com a literatura , tão maravilhosa em qualquer lingua que seja escrita. 
Nesse meio tempo estarei postando meus pps que tanto gosto de formatar, já tendo feito inclusive pps de  excelentes poetas  e poetisas daqui do  Recanto,  ficando formatações belíssimos, mas que estou reduzindo de tamanho para dar acessso a mais pessoas que não tenham banda larga.
                            Até então.   
                                              
                                             NAJA    
                                                    
naja
Enviado por naja em 04/11/2007
Reeditado em 04/11/2007
Código do texto: T722896
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
naja
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1207 textos (237030 leituras)
147 áudios (33123 audições)
525 e-livros (50984 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 03:33)
naja