Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOITE EM MEU RECANTO

Cai a noite serena e misteriosa. Surge o silêncio quase completo à minha volta. Sensual e segura de seus encantos, a lua mal cobre seus contornos com uma nuvem rala e transparente. Faz pouco frio, pelas graças de uma brisa que singra e me acaricia sem perguntar se a desejo... Mas desejo e a sorvo como se fosse a carícia do alvo de minhas saudades.
Logo surgem os primeiros pios, o coaxado intenso e a afinação dos grilos, numa orquestra equidistante que não chega a descaracterizar o silêncio. Saboreio a cantata e conto estrelas, sem temer as verrugas que a crendice popular atribui a quem o faz. Vale a pena o risco dessa magia, pela paz que me absorve, nina e faz sonhar o que não sei dizer.
Desce a noite morena, como delicada moça cafuza, rainha da penumbra que reina sobre todo o cenário. Tudo pousa em minha ferida interna como poção que abranda e descansa o espírito irrequieto no dia-a-dia. Vem e oferece o ombro, o regaço e a discrição, cobrando apenas ser causa de um poema, uma prosa bem inspirada, uma canção de viola ou algo parecido. Quer ser musa, e já é, mas a sua modéstia não lhe permite perceber o encanto e a doçura que proporciona.
Pousa a noite suave, amiga dos solitários e ao mesmo tempo dos enamorados, amantes e sonhadores. Cobre-me de confidências, de segredos, sussurrando nos ouvidos o que não ouço... Apenas sinto e desvendo em meu ser, que fica leve, desafiando a lei da gravidade, além dos ares graves que frequentam meu rosto.
Cai de manso a senhora que me ampara... Uma doce e rara enfermeira que se traja de penumbra. Vem remediar minha solidão, tornar mais doces as nostalgias, as saudades e tudo o mais que abarrota a minha certeza de ser possível ser feliz... Ainda que seja por uns momentos, como estes que usei para ver o que há de belo nas noites que os olhos não contemplam mais.
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 08/10/2007
Reeditado em 02/12/2010
Código do texto: T685802
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3149 textos (63175 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 21:36)
Demétrio Sena