Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Conversando com as frases do Orkut

     Sim a beleza em suas variadas formas me atrai. Quem ama a si mesmo não tem rival. Que maneira agradável de se sentir sozinho no mundo competitivo. Já o grande prazer da vida é fazer o impossível. (Puxa é mesmo!) Em breve você passará momentos felizes em casa. Admirável.  Você nunca mais vai se preocupar em ter uma renda estável. Formidável. O nosso primeiro e último amor é... O amor-próprio. Sem ixe! Àgora! Substitua os diazepínicos por este lazer saudável! Compreendemos melhor agora.
     Ãha. A sibila confere um conforto moderno prático. Brinde. A pitonisa alimenta  sonhos, mas encaro como brinde.  Bom dia para viajar, fazer experiências psíquicas. O período da tarde é ótimo para sorvete. É o mais puro mistério das palavras no setor doméstico. O verdadeiro desconhecido  que conhece você a ponto de lhe dar um conselho mágico.  Tome as palavras. Fique com elas. Doação de frases inteiras. Primeira ajuda da sabedoria e virtude antes que eu me desfaça no fogo do cinismo porque tudo gira num misto de literário e astrológico.  São auspícios porque vivemos incrivelmente todos debaixo do mesmo céu. 97% em se tratando de astronautas.
     Quando dormir note que os cabelos ficarão desfeitos...  Sono no crepúsculo não quer dizer  nada.  Caramba! Johia!    Centro de perfil. O olho que vê é quem escolhe as frases procurando aquelas que de muito universais passam para o singular. Roupas novas para você também! Nem sempre gosto daquelas que dizem das ambições. Eu que me morro de amores pelas Reflexões de Marco Aurélio e  fico amuado. Tonto, com o chapéu em minha cabeça oca, procuro visualizar mais, desenvolver-me diante de tanta abstração. Imperfeito. Só com vontade de dizer oche do carreteiro para os bois da carreta. Serei guiado? Teleguiado? Sem importância alguma. Há os que criam hiatos no emprego da modernidade tão de difícil trílogo onde a consciência devora plurissignificado, nele há só aquele  que aconselha diariamente. Implacável. Ancora e ao mesmo tempo põe a navegar e então demoro. O que me toma um tempo precioso sem alcançar nada além do que certa busca de sentido lógico nas palavras que ora  adulam ora combatem.  Num momento explode o teatro lírico dos bate-papos.   O Rigoletto sabe tudo usa foto de Giuseppe Verdi. Inexiste é outro.  Bravo! Cantando alegria e vitoria antecipada quando o texto é meu, fui eu quem fiz,  e as frases dele governadas de um modo próprio, ficaram minhas,  pela natureza das palavras.   Eu que me morro de amores pelas Reflexões. Originais.

Tércio Ricardo Kneip
Enviado por Tércio Ricardo Kneip em 27/08/2007
Reeditado em 09/09/2011
Código do texto: T626325
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tércio Ricardo Kneip
Santa Vitória do Palmar - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1630 textos (61784 leituras)
2 áudios (78 audições)
1 e-livros (44 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 08:29)
Tércio Ricardo Kneip