Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUPERAÇÃO

Aprendi a muitas vezes não dizer nada, para desta forma ganhar, através do meu silêncio, questões que se tornam não discutidas. Elas provêm de uma vida sem razão que se apoderou de nós, e sabendo disso é que acabo guardando a voz para o tempo certo... Ou pelo menos o tempo que julgo certo.
Meus estados vão se atendo aos estágios que não sei explicar, pelos quais passo longe das palavras que só direi, no fim das contas, quando as forças armazenadas puderem servir de trunfos sobre a mesa de nossas celeumas intermináveis.
Hoje sei bem o que fazer com tanta raiva desmedida, porque vejo que o tempo trouxe aos meus olhos o poder de esquadrinhar outros prismas diante dos fatos. Não me sinto mais encurralado pela escassês de saídas via verbos ou ações concretas. Entendo agora, que só conseguindo ser mais eu poderei vencer teus efeitos negativos sobre o meu temperamento.
Comecei a não ver tudo como presságio do fim. Já conheço incontáveis meios de começar de novo. Tornei-me exímio em armazenar as tuas más horas, para trabalhá-las em meu íntimo de modo a não resultarem minhas más horas.
É começando a me superar que passo a superar todo o mais.
Demétrio Sena
Enviado por Demétrio Sena em 03/10/2007
Reeditado em 03/10/2007
Código do texto: T678819
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Demétrio Sena
Magé - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
3145 textos (63130 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 01:03)
Demétrio Sena