Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alô Cíntia de Ponta Grossa...

A tecnologia nos aproxima cada vez mais, mesmo que distante estivermos. Só ainda não inventaram a maquina do tempo, e nem a de transporte por ondas magnéticas. Se estas existissem não teria que mandar via Internet para jovem Cíntia, de Ponta Grossa, um “Alô Cíntia” via Plantão da Cidade, e antes que ela desse a sua opinião sobre se vale à pena ser professor, eu intrometeria e me teria tele-transportado e puxava-lhe a orelha para que ela não dissesse o que disse. Raciocinasse antes!

Certamente professora da rede de ensino de Ponta Grossa, Cíntia ligou para o programa “SBT Brasil”, no Dia do Professor, e todo o Brasil ouviam, eu também aqui da distante Bahia, quando Carlos Nascimento e Cynthia Benini perguntaram se valia a pena ser professor. Outros responderam que sim, e talvez que não, mas eu me atinei a prestar mais a atenção, justamente quando o Carlos estava perguntar: “Alô, quem fala?”, e a resposta de voz feminina, culta ao que parece, informou “Cíntia, de Ponta Grossa, Paraná”.

Afinal: Vale ou não a pena ser professor? Acho eu que sim, que mesmo com uma remuneração deixando a desejar, ser professor talvez seja dos sacerdócios do homem, o mais estreito com a proposta de Cristo, pois pelas palavras se modifica o Mundo, e pelas nossas palavras e letras ensinadas quem sabe os salários não venham a ser melhorados? Uma outra pergunta, que ganha o satisfatório?

Cíntia diz que não vale a pena, e entre outras justificativas diz que “já não se ensina direito”, talvez ela quisesse dizer que os alunos não absorvam tão coletivamente os ensinamentos, mas assim mesmo um único que estiver na sala de aula e algo nela aprender, penso que terá valido a pena ser professor. Em grosso modo, se um professor não consegue ensinar ai realmente não vale a pena ele ou ela ser professor ou professora!

Parabéns professores, da Bahia e do Paraná, por esta semana que foi iniciada com o “Dia do Professor”, e que os salários melhorem, aqui e acolá, mas mais parabéns ainda aqueles que sorridentes, sabem que vale a pena ser professor, pois não há nada tão gratificante como saber que somos úteis e responsáveis por um Mundo melhor.


* * * * * * * * * * * * * * *

(*) Seu Pedro é o jornalista Pedro Diedrichs, editor do jornal Vanguarda, de Guanambi, Bahia, professor alternativo, palestrante em Semanas Pedagógicas, para redes municipais de ensino público. E sabe que vale a pena ser professor.
Seu Pedro
Enviado por Seu Pedro em 17/10/2007
Código do texto: T697471

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Seu Pedro, Pedro Diedrichs, - Jornalista do Sertão / Editor de jornal Vanguarda, Guanambi, Bahia). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Seu Pedro
Guanambi - Bahia - Brasil, 69 anos
370 textos (73606 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 03:57)
Seu Pedro