Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM NOVO DEUS CHAMADO “SISTEMA”.

                    - 23/11/07 -

 

Se Deus não existisse, teria sido preciso inventá-Lo. (Voltaire)

 

Em atenção do cronista Fábio Brüggemann – fonte de inspiração.

 

                           Mesmo assim, existindo o nosso todo poderoso Deus e, criador de todas as coisas, o homem criou e entronizou um novo deus e passou a chamá-lo de “Sistema”.

Houve uma época em que quando eu era menino, a minha mãe me mandava no armazém do compadre Octacílio, (compadre dos meus pais) para fazer econômicas compras, e eu lá ia devidamente armado com a “caderneta do armazém” e com uma bolsa de pano para trazer o parco e futuro jantar.

Coitadinha da caderneta, hoje não mais existe, foi substituída pelo link www.supermercado.entregadomicilio.com.br -.

Antigamente, quando a gente precisava de algum serviço na repartição pública, demorava um pouco, mas não demasiadamente muito, se comparado com o tempo que o meu pai levou a pé daqui de Imaruí - SC, até Uruguaiana no R.G. do Sul, isso lá por volta de 1927.

Se bem vocês se lembram, a nossa única preocupação um tempo atrás, era com o tal de sistema capitalista que na juventude queríamos derrubar e, para isso, tínhamos o nosso líder máximo, o guerrilheiro Ernesto Che Guevara.

Mas hoje ele realmente existe, o capitalismo, e é algo que nos foge ao conhecimento e do controle, é misterioso, indecifrável, ubíquo e regido por uma vontade desconhecida que nem os seus idealizadores têm mais capacidade para detê-lo.

Agora, vejam só o que acontece com esse tal de deus eletrônico e primo-irmão do capitalismo.

Primeiro, precisamos entender que o Sistema está regendo o mundo de forma globalizada, nem o planeta escapa, agora tudo é do Sistema e do seu primo.

Você está na fila de um banco, por coincidência, sempre quando precisa sacar algum dinheiro da magérrima conta – eis que cai o tal Sistema.

Você quer tomar um café e não pode, tenta mandar um e-mail para um amigo “negativo”, pois o sistema está em off. – Uma maneira eletrônica de dizer que o Sistema já era.

A gente com o sonho de ficar milionário, vai até a Lotérica fazer uma fezinha – não pode – o Sistema caiu.

Pergunto a moça que está indefesa e imóvel no guichê, o porquê do sistema cair sempre?

Ela me responde:

- O Sistema caiu e pronto.

O Sistema é uma divindade eletrônica com vontade própria, ele cai e não dá satisfação para ninguém, isso quer dizer que a gente não é dono de nada, pois é tudo propriedade e da vontade do sistema.

Agora vejam a reação de homens e mulheres maduras, inclusive de velhinhos e velhinhas aposentados quando cai o sistema, na verdade, eles pouco reclamam em respeito ao Sistema.

Afinal fazer o quê contra esse deus misterioso alimentado por bits, Megabits, Gigabits, fluxos e pulsos eletrônicos?

Se me falarem que esse tal de sistema é alimentado por meio de um enigmático “sacomé”, (sabe como é) e eu que sou um “Bignópsis”, (bicho ignorante operando sistemas) vou acreditar porque eu não entendo bulhufas dessa parafernália de “delete”, “Insert”, “enter”, page down, scroll lock e etc.etc.

Eu acho até muito provável que, se esse tal de sistema batesse à minha porta, eu mesmo não o reconheceria, quando na verdade, é ele que manda e governa a minha vida.

A queda desse deus eletrônico já se transformou até em bode expiatório ou em álibi, para encontros atrasados, falta às reuniões, traições, esquecimentos vários e escapadelas nada elogiáveis.

Bom, nada se pode contra o “SISTEMA”, não há argumentos porque ele é simplesmente onipotente e, por isso, não dá para dizer assim:

- Sistema!

- Eu te ordeno!

- Levanta-te!

Enfim, o Sistema é tão ou mais esperto do que nós, pois ficamos impossibilitados em dizer:

- Abaixo o Sistema!

A bem da verdade é isso que ele quer ouvir, ou melhor, ele quer mesmo é cair e nos deixar sem o din - din.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 22/11/2007
Reeditado em 03/12/2007
Código do texto: T747852
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 75 anos
889 textos (143400 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 05:53)
Eráclito Alírio da silveira