Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EM RONDÔNIA A JUSTIÇA DO TRABALHO PODE DOBRAR O VALOR DA PENSÃO POR MORTE DE SUPERVISOR GERAL DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL - CASO GRUPO JBS S.A, A LÍDER MUNDIAL EM CARNES BOVINA E OUTROS ALIMENTOS

EM RONDÔNIA A JUSTIÇA DO TRABALHO PODE DOBRAR O VALOR DA PENSÃO POR MORTE DE SUPERVISOR GERAL DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL - CASO GRUPO JBS S.A, A LÍDER MUNDIAL EM CARNES BOVINA E OUTROS ALIMENTOS

EXCESSO DE CARGA HORÁRIA LEVA SUPERVISOR
GERAL DE MANUTENÇÃO INDUSTRIAL, QUE TRABALHAVA SEM CONTROLE DE JORNADA, à MORTE NO RETORNO AO LAR

Grupo JBS S.A integra o Grupo MINERVA, Grupo MARFRIG, etc. e detém grandes marcas como a FRIBOI, SEARA, etc. ...

Não vale a pena os trabalhadores lesados entrar com Ação Pública Coletiva, pois as altas multas vão para os cofres do FAT - Fundo de Amparo ao Trabalhador, entra com advogado particular que tem maior chance de receber indenizações por danos materiais e danos morais. e em caso desses megas grupos, é melhor entrar contra o maior, contra aquele mais forte que compra os menores e integra os ao mega grupo, como é o caso do Grupo JBS S.A, que lesa o direito dos trabalhadores anotando baixos valores na CTPS, a fim de burlar o FGTS e pagar menos em caso de reclamação trabalhista.

Eu ELIOZANI MIRANDA COSTA, sugiro que procure ajuda da Justiça sobre pensão com base na remuneração integralizada, em que soma o salário base atualizado, mais as gratificações de periculosidade e insalubridade, exemplo: se a empresa registra só R$1.446,00 na carteira, mas o cara recebe mensalmente R$10.000,00, e morre no trabalho ou no percurso de ida e volta, principalmente se o acidente é decorrente de cansaço físico e mental por excesso de carga horária na empresa, a viúva e as filhas não podem passar a receber só o salário base anotado na carteira sem atualização, e sim receber R$10.000,00 por mes, se o INSS tem um teto máximo, digamos que seja R$4.000,00, a Empresa cobre a diferença. Como conseguir isso? já orientei ela a ir pessoalmente na Justiça do Trabalho, pois Manoel estaria ganhando em 01 de julho R$6.000,00, pois o combinado era corrigir  o salário base a cada 60 dias até ele concluir as graduações de Engenharia elétrica e Engenharia de Produção, quando então passaria a ter como salário base o mesmo do Engenheiro Supervisor geral de Manutenção Industrial, mais as gratificações, mais os serviços extras de Projetos que ele desenvolvesse dentro da Empresa. Penúltima atualização salarial foi em 01 de Novembro (R$3.960,00) Ultima atualização na carteira foi em 01/01 (R$4.446,00), falta a Empresa anotar 01/03 (R$5.000,00) , 01/05 (R$5.500,00) e 01/07 (6.000,00) que somado com 30% da Periculosidade e mais 30% de Insalubridade = Total de 60% eleva os R$6.000,00 para R$9.600,00 mais as gratificações pelos Projetos que ele desenvolveu na empresa, tudo isso se comprova pelos documentos que estava no armário particular dele na sala dos supervisores na Empresa JBS S.A, de Pimenta Bueno. Entrar judicialmente contra o grupo JBS que tem sede em São Paulo, 3ª maior empresa de alimentos do mundo, Sucesso, Boa Sorte. Desde 2004 ele trabalha para Empresas ligadas ao Grupo JBS, pois o Cortume BERTIN era indiretamente administrada pela JBS desde sua fundação, inclusive hoje é legalizada a documentação como comprada pela JBS, o Frigorífico Independência também, foi incorporado pelo Grupo  JBS , pelo que da fusão também, assumiu a JBS as responsabilidades trabalhistas e tudo isso é direito da viúva e das herdeiras de Manoel, cuidado para não pegar advogados infiéis, que pega a causa do empregado e joga do lado do empregador, se ele não pedir todos os seus direitos, te lesar, fazer acordos estranhos ao seu interesse, cabe ação contra o advogado para indenização sobre os danos causados, o INSS tem a obrigação de observar erros nas anotações da CTPS. Fiquem atentos aos detalhes, pois isso fará a diferença para o resto da vida delas. Ver a diferença do FGTS que tem que observar os reflexos da remuneração integral, 10ª salário, férias, 1/3 de férias, auxílio transporte, passagens para cursos a interesse da empresa. tudo isso é Direito de Manoel. Direito Autorais sobre Projetos e ideias. Promessas não cumpridas de viagens ao exterior a lazer o para cursos preparatórios ou experiência ou palestra, etc. ...  Direito da família ser indenizada pela perda irreversível do membro da família que foi explorado no trabalho até morrer de cansado. Ocupava um cargo Superior e a Empresa negou disponibilizar um automóvel para sua locomoção que não guardava observação de dia ou horário. Assim ele veio a óbito quando retornava exausto do serviço, pelo que dormiu pilotando sua moto, transitando a longa distancia pela contramão de direção (sentido Leste/Oeste) , próximo a faixa seccionada que divide as duas pistas da RO 383 e colidiu com a caminhonete que seguia  em sentido contrario (Oeste/Leste) próximo a Linha 192, no trecho entre Pimenta Bueno, onde se localiza a Filial da JBS S.A, uma das muitas no Estado de Rondônia, em que Manoel era o responsável pelo funcionamento das máquinas industriais de todas as unidades do Estado, e a cidade de Rolim de moura, local de sua residencia. Estou disponível a prestar esclarecimentos pessoalmente a qualquer interessado que esteja também disposto a ajudar a família de Manoel.

Contato por skype hellyo.zanny  
Dom Dhavan
Enviado por Dom Dhavan em 02/07/2014
Reeditado em 25/07/2014
Código do texto: T4867667
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Dom Dhavan
Campo Novo do Parecis - Mato Grosso - Brasil
583 textos (47190 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/19 03:19)
Dom Dhavan