Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Entediadamente, Enfadadamente... Farta!

Farta...

Fartamente estagnada...
Os 'sábios' me cansam...

Tediosamente tediosos!

Tanto dizem...
Tanto expressam...

Expressadamente inexpressivos!

Vivem de falar e só falam!
Isso farta!

Fartadamente saturada!

Em cada palavra nenhuma boa intenção!
Nenhum sentimento benéfico
para as pessoas ao redor...

Egocêntricamente inutilizantes,
fertilizantes de nada!

Não falam: gabam-se!
Parece que falam do vento!
Parece que falam de vida!
Parece que enxergam as belezas do mundo!

Aparentemente afirmados cegamente
na sua reles filosofia superficial!
Só falam de si mesmos!

Mesquinhos...

A intenção?
Um desejo intenso por reconhecimento,
para inflar seus egos vaidosos e
viciados na química que produz
orgulho... Convencimento!

O desejo atrevidamente petulante de
transformar o mundo
em seu palco particular...

Num céu onde esses pavões desinteressantes
querem ser a única estrela a cintilar!

Enfadada!

De tantos dizeres, de tantas palavras...
Da boca pra fora proferem de tudo,
tentando convencer alguém que são sábios... Mestres...

Enfadadamente reclinada a desprezar
esses seus conhecimentos patéticos
e renovar!
Isso enfada!

Qualquer quebra de regra fará algo mais interessante
do que essas mesmices sem nexo
de uma vidinha ridícula que anda em círculos
repetitivos de um interior ocamente vazio!

Pois, na verdade são hipócritas!
Não vivem o que dizem....
Apenas falam...
E quando só falam entendia!
Pois estão mortos... E suas palavras não tem vida!

Se convencem a cada dia de que sabem de algo...
De que suas palavras são essenciais...

Pedras de tropeço enfadantes!

Que alimentam a ignorância e mantém
os tolos na densa escuridão do engano!

Estigmas dos poderosos que sugam vidas... vida...
Os discursantes de palavras difíceis e
linguajar correto sabem o que é vida?

Querem ser 'mestres'...
Querem ser corretos!
Isso e´fácil...
Queremos é saber de vida!
Demonstrem vida num pingo!

Se nas teorias conspiratórias, inflinge- se as regras de séculos
e isso forma loucos...

Enlouqueçamos!

A vida não esta´no papel... nem na tinta... nem no punho que escreve!
A vida não está nas palavras tolas, de ignorantes
 linguisticamente corretos,
gramaticamente corretos...
idiotamente corretos....
tolamente corretos...
metidamente corretos...
egocêntricamente corretos,
entediantemente corretos!

A vida está no sentimento que jorra de uma alma...
Fazendo pulsar um coração que se rasga...

Queremos ouvir vida!
Queremos ler vida!

Pois, vida...
A vida é um sentimento avassaladoramente
impossibilitante de conter...

O porque?
Não se auto centraliza,
Não se auto afirma,
Não se gaba,
Não mira para sí mesma os holofotes
da fama!

Nenhuma boa palavra de um verdadeiro sábio será lida ou ouvida!

Então...
Quebremos as regras da gramaticamente correta desenvoltura coloquial de expressar- se!

Detalhe:
Não importa- te se falas o que é verídico, se mentes,
ou se propagas as insanidades de sua mente fantasiosa!
Para destacar- se, tudo é permitido!

Essa é a filosofia dos tolos!

Mas, quebremos as regras sintáticamente corretas!

Pois, para ler as mensagens da alma, os ignorantes se fartam...
Mas, para corrigir seus tropeços todos te observam e te apontam!


Alma Nua,
14 de Outubro de 2007, 00: 35


Ps para os 'mestres' de plantão:
Esse canto é meu, se eu quisesse que isto fosse uma poesia seria, se eu quisesse que fosse um rondel seria, se eu quisesse que fosse uma trova seria....
Aqui eu coloco o nome eu EU QUISER!
Shimada Coelho A Alma Nua
Enviado por Shimada Coelho A Alma Nua em 14/10/2007
Reeditado em 06/08/2009
Código do texto: T693362

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Shimada Coelho A Alma Nua
São Paulo - São Paulo - Brasil, 46 anos
374 textos (58992 leituras)
10 áudios (1727 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/17 18:50)
Shimada Coelho A Alma Nua