Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERFUMES DA NATUREZA



Corro
Subindo o morro
E quase morro
Extenuado…

Acorro
Todos os dias
Ao desejado
Monte
Sem mais queixume,
Em minhas fantasias...

Viajo,
Pelo vasto horizonte,
Inspirando fundo
O perfume
Da Natureza…

Vejo,
Sem sobressalto,
A beleza
Do Mundo
Além,
À minha maneira! …

…………………………………………………….

Mas que bem
Que no alto
Do cu_me
Cheira!


27/7/2007, Adolfo Dias

***************************************************
[NOTA: Os dois últimos versos, são um exemplo de como transformar um texto de Amor (à Natureza), num texto de Humor. Por isso atenção à cacofonia criada com esse propósito.]

                                        *****




HENRICABILIO
Enviado por HENRICABILIO em 26/08/2007
Reeditado em 06/03/2008
Código do texto: T624275
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.Henricabilio.web.pt). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
HENRICABILIO
Caldas Da Rainha - Leiria - Portugal, 56 anos
574 textos (249426 leituras)
20 áudios (22365 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/17 11:26)
HENRICABILIO