Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 
 
Vejo em teus olhos aquele brilho de estrelas,
quando eu observo toda a noite o espaço.
Depois choro se não tenho o teu abraço.
 
Vejo em teus olhos todo brilho de um Sol,
que ilumina tudo que há, com seu fulgor.
Eu tornei-me lua, desejando teu calor.
 
Sou pobre astro, que vagueia no espaço,
sempre querendo de você o seu regaço.
 
01/02/2014 -VEM

 
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 03/02/2014
Reeditado em 03/02/2014
Código do texto: T4676049
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122141 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/21 11:15)
Vanderleis Maia