Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
 
 
São infinitas todas as dádivas que recebo,
que em momentos, julgo até não merecer.
Sempre que eu fico, lado a lado com você.
 
São infinitas todas as graças que recebo,
também me olho e me fito em um espelho.
Agradecendo, quase sempre me aconselho.
 
São infinitas todas as dádivas existentes,
só não percebe o ignorante e o renitente.
 
 
07/01/2014-VEM
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 11/09/2014
Código do texto: T4958209
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (122099 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/03/21 19:39)
Vanderleis Maia