Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Desafiados Para Um Viver em Santificação

Sede santos porque eu sou Santo (I Pe. 1:16).

Em primeiro lugar, quero chamar a atenção para que seja evitado raciocínios pré-concebidos, para que entendamos, com clareza, para onde o Espírito Santo deseja nos levar quando, juntos, refletiremos sobre o tema santidade. O primeiro tipo de raciocínio que precisa ser evitado, é aquele que nos leva a crer que já sabemos de tudo sobre qualquer assunto, principalmente sobre santidade, e  de que não é necessário acrescentar mais nada a respeito, crendo ter o domínio do mesmo. Em provérbios 25:27 somos aconselhados ao comedimento, pois, se a sabedoria é boa em si mesma, é desonroso buscar honra para si próprio por meio desta mesma sabedoria:"Comer muito mel não é bom; nem é honroso buscar a própria honra".

O segundo modo de pensar que devemos evitar, é o de não assumir a responsabilidade diante da Palavra de Deus, como foi o caso de Adão e Eva, nenhum dos dois aceitaram a Palavra que Deus lhes dirigia: "Perguntou-lhes Deus: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste da árvore de que ordenei que não comeste? Disse o homem: A mulher que me deste por companheira deu-me da árvore, e eu comi. Então disse o Senhor à mulher: Que é isto que fizeste? Respondeu a mulher: A serpente me enganou, e eu comi"(Gn 3:11-13). Percebemos que neste caso houve transferência de responsabilidade, a Palavra de Deus é sempre para o outro.

O terceiro e último tipo de pensamento que devemos evitar, é aquele que que combate contra a submissão de ceder aos argumentos de Deus. Podemos entender este tipo de pensamento observando as palavras do apóstolo Paulo:"As armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus, para destruição das fortalezas. Derrubamos raciocínio e toda altivez que se levante contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento à obediência de Cristo"(II CO 10:4,5). Deduzimos que há uma grande resistência em nós mesmos lutando para que não nos submetamos aos ensinamentos de Deus, sendo necessário travarmos uma luta tremenda para levarmos nossa mente à obediência de Cristo.

Com isto em mente deixemos o Espírito Santo falar e nos desafiar para  vivermos em santidade.
Paulo Cezar Santos
Enviado por Paulo Cezar Santos em 26/10/2007
Código do texto: T710524

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Cezar Santos
Aracaju - Sergipe - Brasil, 60 anos
109 textos (13688 leituras)
2 e-livros (70 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 18:31)
Paulo Cezar Santos