Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Até quando?

São dolorosos os dias em que me sinto vázia...o nada impera em meu ser deixando a sensação de que meu existir não tem valia. São tantos sonhos despedaçados, momentos perdidos,sentimentos transviados...minha alma tenta encontrar desesperadamenteum alento que nunca chega...o tempo é como o mais cruel dos punhais golpeando sem parar meu delicado coração fazendo com que de meus olhos caiam gotas de ilusão e pesar...até quando ó vida, terei que neste inferno penar?
Quem sou eu? A escritora chorosa que outrora vibrava amor e paixão em seus atos e agora só tem forças para arrastar o lapis rabiscando meu profundo sofrer...a fotografa...que já não enxerga mais diante de si a beleza da vida....das flores...das faces e dos gatos arteiros que tanto gostava de focalizar....não sei mais quem sou, não sei se um dia soube ou mesmo se um dia descobrirei....meus sonhos estão jogados ao chão em pedacinhos impossiveis de colar...minha alma esta estilhaçada e largada em um canto qualquer da vida e meu coração esta em frangalhos no final de um caminho escuro e gélido que se tornou desconhecido porque ninguém quer percorrer.
Até quando vagarei perdidamente em busca de mim? Até quando...
Essência di Ana
Enviado por Essência di Ana em 06/09/2007
Código do texto: T641739
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Essência di Ana
Paulínia - São Paulo - Brasil, 37 anos
528 textos (16431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 03:35)
Essência di Ana