Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LENCINHO BRANCO

                    Poema caipira

Um dia saí de casa
Fui pro mundo viajá;
Percurá mió recurso
Para a vida miorá;
Meu bem ficô chorano
No seu canto a reclamá
Apertô meu coração,
Eu tamém garrei chorá;
O seu lencinho branco
Vi de longe ela acená;
Levei comigo a sodade,
Até o dia de vortá.

Percurrí mundo afora
Sem de nada adiantá;
Percurei por tudo canto,
Um lugá pra trabaiá,
Pra pudê ganha dinhero,
Pra um dia miorá;
Ninguém mi deu apoio
Comecei desesperá;
Resorví, vortei pra casa,
Pra minha sodade matá;
Abracei o meu benzinho
E garremo os dois chorá.

DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS
João Barbosa
Enviado por João Barbosa em 11/08/2020
Código do texto: T7032361
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
João Barbosa
Extrema - Minas Gerais - Brasil, 73 anos
193 textos (17656 leituras)
4 áudios (203 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/21 08:13)
João Barbosa