Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembranças

Não tivera querido
dizer tão louca palavra
E nem tivera querido
fazer tal quanto feito.

Somente após o ocorrido
veio o arrependimento
Agora me sinto perdido
E um vazio no peito.

Embora não tenha sentido
Chorei dias inteiros
E esse pranto sofrido
Não diminuiu o receio.

Minhas vagas palavras
e meus gestos imperfeitos
não param de lamentar
o sorriso desfeito.

Quisera nunca ter partido
deste vasto mundo
nem meus olhos cobertos
Por este manto negro.



27/01/07
Clara dos Anjos
Enviado por Clara dos Anjos em 25/02/2007
Reeditado em 25/02/2007
Código do texto: T393176

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Clara dos Anjos
Matão - São Paulo - Brasil, 36 anos
20 textos (32773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 05:57)
Clara dos Anjos