Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lembrando um menino

Lembrando um Menino

Lizete Abrahão
 
Um Dia ,há muitos anos
Veio um ser a esta Terra
Amor envolto em panos
Alma que tudo encerra

Vagido em noite estrelada
Anuncia novo despertar
Gentes presas no nada
Menino se pôs a salvar

Filho da carne e do infinito
Nascido em meio às palhas
O homem é seu próprio grito
Sua sede, fome e mortalha

Esqueceu-se a humanidade
Que ele trouxe amor eterno
E sem tempo nem bondade
O fez só natal moderno

Ah! menino ingênuo, mal-dormido
Queria ver-te todos os dias
Nos corações empedernidos
Diluídos em teu amor e magias

Não importa se  homem ou divino
Filho! deu-te  à luz a fêmea dos seres
De parto e dores nasceste menino
Germinando  sol de amanheceres.

Que não só em um dia por ano
Sejas lembrado em renascimento
Mas que revivas em todo o humano
Teu ente e amor em cada momento.

Faze sempre o homem se lembrar
Que um presente a nada conduz
Diz a ele que eterno seja o amar
E que vivam por teu nome, Jesus



Feliz renascimento!
   

Lizete Abrahão
Enviado por Lizete Abrahão em 04/12/2005
Código do texto: T81025


Comentários

Sobre a autora
Lizete Abrahão
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
89 textos (3370 leituras)
5 áudios (133 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/20 13:38)
Lizete Abrahão